conecte-se conosco


Esportes

Com Messi e só um que atua no Brasil, Argentina solta pré-lista da Copa América

Publicado

Lance


Messi olhando para cima
Divulgação

Messi está na lista da Argentina para Copa América

O técnico da seleção da Argentina, Lionel Scaloni, divulgou ao público uma lista com 36 nomes pré-selecionados para a disputa da Copa América no Brasil, tentando conquistar uma taça que não vai para a galeria Albiceleste desde o ano de 1993.

Leia também: Irmão de Dybala diz que Cristiano Ronaldo é um problema dentro da Juventus

Dentro dessa convocação, os nomes mais conhecidos do grande público que acabaram ficando de fora das escolhas do comandante da Argentina foram dois atletas que estão em baixa no futebol inglês: o goleiro Sergio Romero (Manchester United) e o atacante Gonzalo Higuaín, emprestado pela Juventus ao Chelsea.

Por sua vez, outras figuras carimbadas nos últimos anos que acabaram recebendo críticas pesadas mediante a falta de conquistas marcantes foram lembradas: Nicolás Otamendi, Sergio Agüero (ambos do Manchester City – Inglaterra), Ángel Di María (PSG – França) e Lionel Messi (Barcelona – Espanha).

Leia também: Real Madrid estuda fazer proposta ao Liverpool por Salah, diz TV

Leia mais:  Derby County libera técnico Frank Lampard para negociar com o Chelsea

Com uma distensão muscular, quem tem chances consideráveis de acabar sendo cortados por problemas físicos é o jovem Matías Zaracho, um dos bons valores do Racing na campanha que resultou no título da Superliga Argentina de 2018/2019.

Confira os convocados da Argentina:


Goleiros

: Franco Armani (River Plate), Esteban Andrada (Boca Juniors), Agustín Marchesín (América), Juan Musso (Udinese – Itália) e Gerónimo Rulli (Real Sociedad – Espanha);


Defensores

: Nicolás Otamendi (Manchester City – Inglaterra), Renzo Saravia (Racing), Marcos Acuña (Sporting Lisboa – Portugal), Gabriel Mercado (Sevilla – Espanha), Germán Pezzella (Fiorentina – Itália), Walter Kanemann (Grêmio), Nicolás Tagliafico (Ajax – Holanda), Ramiro Funes Mori (Villarreal – Espanha), Gonzalo Montiel (River Plate), Leonardo Sigali (Racing) e Juan Foyth (Tottenham – Inglaterra);


Meio-campistas

: Guido Rodríguez (América), Leandro Paredes (Paris Saint Germain – França), Giovani Lo Celso (Betis – Espanha), Exequiel Palacios (River Plate), Roberto Pereyra (Watford – Inglaterra), Rodrigo De Paul (Udinese – Itália), Matías Zaracho (Racing), Ángel Di María (Paris Saint Germain – França), Gonzalo Martínez (Atlanta United), Paulo Dybala (Juventus – Itália), Iván Marcone (Boca Juniors), Maximiliano Meza (Monterrey), Ignacio Fernández (River Plate) e Manuel Lanzini (West Ham – Inglaterra);

Leia mais:  Ajax inaugura em seu estádio busto e mural imenso em homenagem a Johan Cruyff


Atacantes

: Mauro Icardi (Internazionale – Itália), Ángel Correa (Atlético de Madrid – Espanha), Lionel Messi (Barcelona – Espanha), Sergio Agüero (Manchester City – Inglaterra), Lautaro Martínez (Internazionale – Itália) e Matías Suárez (River Plate).

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

“Filme de terror”, relata Mattos sobre turbulência em voo do Palmeiras; assista

Publicado

por

“Foi um verdadeiro filme de terror.” É assim que o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, definiu o episódio de tensão vivenciado pela delegação do clube paulista na madrugada deste domingo (21) , durante voo para a cidade argentina de Mendoza.

Jogadores, dirigentes, integrantes da comissão técnica e demais membros do estafe do Palmeiras embarcaram por volta da meia-noite de sábado (20) em Fortaleza, onde o Verdão foi derrotado pelo Ceará em jogo do Campeonato Brasileiro. O grupo deveria desembarcar por volta das 6h da manhã em Mendoza, onde o alviverde paulista enfrentará o Godoy Cruz, pela Libertadores.

alexandre mattos arrow-options
Reprodução/TV Palmeiras

“Muito barulho, muita tensão”, relembra Alexandre Mattos sobre turbulência em voo do Palmeiras

Momentos antes da aterrisagem, no entanto, uma turbulência atingiu o voo palmeirense e o piloto do avião precisou arremeter duas vezes por conta do mau tempo. Após a segunda arremetida, o voo foi desviado para a cidade de Rosario.

“A turbulência foi aumentando. A sensação que dava é de que tinha alguma coisa empurrando as asas de baixo para cima. Foi bem aterrorizante”, relatou Mattos em depoimento à TV Palmeiras. “Eu olhava para o lado e era uma aflição muito grande, um clima de tensão. Uns rezando, os outros você via a cara de desespero, a sensação de impotência… Era muito barulho, muita tensão”, complementou.

Leia mais:  Ajax inaugura em seu estádio busto e mural imenso em homenagem a Johan Cruyff

O segurança do clube Cristiano Oliveira disse ter pensado “é hoje” devido ao chacoalhar da aeronave, mas que jogadores como o lateral/volante Jean e o atacante Deyverson tentaram tranquilizar a todos. O episódio de pânico para os palmeirenses durou cerca de 40 minutos, segundo seu relato.

A delegação do Palmeiras passou o domingo na capital argentina, Buenos Aires, e fará nova tentativa de chegar a Mendoza nessa segunda-feira (22). A partida contra o Godoy Cruz, pelas oitavas de final da Libertadores, será disputada na terça-feira.

Leia também: Torcedores arremessam pipocas e cobram elenco do Palmeiras no Ceará

Confira o depoimento dos palmeirenses:

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana