conecte-se conosco


Esportes

Com Messi e só um que atua no Brasil, Argentina solta pré-lista da Copa América

Publicado

Lance


Messi olhando para cima
Divulgação

Messi está na lista da Argentina para Copa América

O técnico da seleção da Argentina, Lionel Scaloni, divulgou ao público uma lista com 36 nomes pré-selecionados para a disputa da Copa América no Brasil, tentando conquistar uma taça que não vai para a galeria Albiceleste desde o ano de 1993.

Leia também: Irmão de Dybala diz que Cristiano Ronaldo é um problema dentro da Juventus

Dentro dessa convocação, os nomes mais conhecidos do grande público que acabaram ficando de fora das escolhas do comandante da Argentina foram dois atletas que estão em baixa no futebol inglês: o goleiro Sergio Romero (Manchester United) e o atacante Gonzalo Higuaín, emprestado pela Juventus ao Chelsea.

Por sua vez, outras figuras carimbadas nos últimos anos que acabaram recebendo críticas pesadas mediante a falta de conquistas marcantes foram lembradas: Nicolás Otamendi, Sergio Agüero (ambos do Manchester City – Inglaterra), Ángel Di María (PSG – França) e Lionel Messi (Barcelona – Espanha).

Leia também: Real Madrid estuda fazer proposta ao Liverpool por Salah, diz TV

Leia mais:  Guardiola atribui queda de rendimento do City a ausência de Fernandinho

Com uma distensão muscular, quem tem chances consideráveis de acabar sendo cortados por problemas físicos é o jovem Matías Zaracho, um dos bons valores do Racing na campanha que resultou no título da Superliga Argentina de 2018/2019.

Confira os convocados da Argentina:


Goleiros

: Franco Armani (River Plate), Esteban Andrada (Boca Juniors), Agustín Marchesín (América), Juan Musso (Udinese – Itália) e Gerónimo Rulli (Real Sociedad – Espanha);


Defensores

: Nicolás Otamendi (Manchester City – Inglaterra), Renzo Saravia (Racing), Marcos Acuña (Sporting Lisboa – Portugal), Gabriel Mercado (Sevilla – Espanha), Germán Pezzella (Fiorentina – Itália), Walter Kanemann (Grêmio), Nicolás Tagliafico (Ajax – Holanda), Ramiro Funes Mori (Villarreal – Espanha), Gonzalo Montiel (River Plate), Leonardo Sigali (Racing) e Juan Foyth (Tottenham – Inglaterra);


Meio-campistas

: Guido Rodríguez (América), Leandro Paredes (Paris Saint Germain – França), Giovani Lo Celso (Betis – Espanha), Exequiel Palacios (River Plate), Roberto Pereyra (Watford – Inglaterra), Rodrigo De Paul (Udinese – Itália), Matías Zaracho (Racing), Ángel Di María (Paris Saint Germain – França), Gonzalo Martínez (Atlanta United), Paulo Dybala (Juventus – Itália), Iván Marcone (Boca Juniors), Maximiliano Meza (Monterrey), Ignacio Fernández (River Plate) e Manuel Lanzini (West Ham – Inglaterra);

Leia mais:  Acidente com ônibus do Bahia Sub-15 em estrada de Minas Gerais deixa dois mortos


Atacantes

: Mauro Icardi (Internazionale – Itália), Ángel Correa (Atlético de Madrid – Espanha), Lionel Messi (Barcelona – Espanha), Sergio Agüero (Manchester City – Inglaterra), Lautaro Martínez (Internazionale – Itália) e Matías Suárez (River Plate).

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Mkhitaryan não irá para final da Liga Europa com o Arsenal por conflito político

Publicado

por


Mkhitaryan em aquecimento
Reprodução / Hanna Mckay

Mkhitaryan não irá com o Arsenal para final da Liga Europa contra o Chelsea

O atacante Henrikh Mkhitaryan, do Arsenal, está fora da final da Liga Europa, no dia 29 de maio, contra o rival Chelsea, em Baku, no Azerbaijão.

Por causa do corte das relações diplomáticas entre Armênia e Azerbaijão , o armênio informou que decidiu não ir, conforme escreveu nas redes sociais nesta terça-feira. A questão gerou preocupação há dez dias e estava sendo tratada com urgência pelos Gunners, que preferiram manter  Mkhitaryan  protegido.

Leia também: Edu Gaspar deixará a Seleção Brasileira e irá para o Arsenal após a Copa América

“Tendo considerado todas as opções atuais, tivemos que tomar a decisão difícil para mim de não viajar com a equipe para final da Liga Europa contra o Chelsea”, escreveu o jogador armênio no Twitter.

O Arsenal também divulgou um comunicado para falar sobre a decisão de Mkhitaryan não viajar com o elenco.

Leia mais:  Pivô da NBA é acusado de estupro e agressão por vizinha em Nova Iorque

“Nós exploramos completamente todas as opções para Micki fazer parte do elenco, mas depois de discutir isso com Micki e sua família, nós concordamos coletivamente que ele não estará em nosso grupo de viagem.Escrevemos para a Uefa expressando nossas profundas preocupações sobre essa situação. Micki tem sido um jogador chave na nossa corrida até a final, então isso é uma grande perda para nós do ponto de vista da equipe”, diz parte do comunicado.

O Azerbaijão tem as relações políticas cortadas com a Armênia desde a Guerra de Nagorno-Qarabag. Os dois países travaram uma disputa territorial que durou seis anos (1988 a 1994), tendo ambos voltado a um conflito em abril de 2016, de seu nome “A Guerra dos quatro dias”, pois durou precisamente quatro dias, entre 2 e 6 deste mês.

Mkhitaryan teria de pedir ao governo do Azerbaijão para poder estar na final. No entanto, havia o risco para a integridade pessoal do jogador, que é uma das personalidades armênias mais importantes a nível internacional. 

Leia mais:  Acidente com ônibus do Bahia Sub-15 em estrada de Minas Gerais deixa dois mortos

Leia também: Ex-atleta do Arsenal, Adebayor revela que quase tirou a própria vida aos 16 anos

Veja o comunicado na íntegra:

“Estamos muito desapontados ao anunciar que Mkhitaryan não vai viajar com a equipe para a final da Liga Europa contra o Chelsea. Nós exploramos completamente todas as opções para Micki fazer parte do elenco, mas depois de discutir isso com Micki e sua família, nós concordamos coletivamente que ele não estará em nosso grupo de viagem.

Escrevemos para a Uefa expressando nossas profundas preocupações sobre essa situação. Micki tem sido um jogador chave na nossa corrida até a final, então isso é uma grande perda para nós do ponto de vista da equipe.

Também estamos muito tristes por um jogador ter perdido uma grande final europeia em circunstâncias como esta, pois é algo que surge muito raramente na carreira de um jogador de futebol.


Mkhitaryan   continuará a fazer parte dos nossos preparativos até partirmos para Baku no final de semana”.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana