conecte-se conosco


Cidades

Com mais de 98% de satisfação dos pacientes, Hospital São Benedito projeta avanços

Publicado

Focada na ampliação dos serviços e na manutenção do elevado índice de satisfação entre pacientes, que supera os 98%, a diretoria da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) vem imprimindo um novo ritmo de trabalho no Hospital Municipal São Benedito.

As reuniões semanais, têm sido um dos exemplos de mudanças implantadas na atual gestão da ECSP para humanizar ainda mais os serviços e estruturar os avanços previstos no ‘Plano de Ação’ para o São Benedito em 2019.

“O prefeito Emanuel Pinheiro está virando a página na Saúde Pública em Cuiabá. E nossa contribuição para essa virada na qual estamos 100% inseridos, uma vez que o São Benedito atua como principal fonte ‘desafogadora’ do atual Pronto Socorro, é trabalharmos em regime de força-tarefa. Nessa linha, a diretoria passou a se reunir com a equipe multidisciplinar estratégica para colhermos informações sobre o andamento de todos os novos projetos de 2019 no Plano de Ação”, salientou o diretor geral, Alexandre Beloto.

Leia mais:  EcoCuiabá 2020 é apresentada em Brasília e garante apoio de ministérios

Ainda segundo o diretor, os encontros pontuais já trouxeram melhorias significativas. Dentre elas a melhora na gestão de processos, da recepção à alta médico/hospitalar. Ele também pontuou que as projeções para novos procedimentos clínicos – dentre os quais a endoscopia e a hemodinâmica para o exame de angiografia cerebral, que serão implantamos nos próximos meses, receberam contribuições significativas nas reuniões de alinhamento.

“Trouxemos um modelo de gestão inovador, mas sem uma equipe engajada é impossível implantar qualquer ação. E o que temos recebido de contribuição e de comprometimento nessas reuniões tem nos mostrado que este é apenas o início de uma página ainda mais humanizada que com o apoio do prefeito Emanuel estamos escrevendo aqui no São Benedito. E a abertura dos procedimentos de endoscopia e hemodinâmica são as provas do engajamento dessa nova equipe de trabalho”, pontuou.

Oseas Machado, diretor administrativo da ECSP reforça que os encontros rotineiros também têm culminado em respostas rápidas para possíveis problemas. “Com esses encontros semanais também temos conseguido debater com mais precisão e ofertar respostas mais céleres sobre determinados problemas. Por exemplo, na última semana recebemos a visita do Cofem – Conselho Federal de Farmácia e os apenas dois apontamentos que recebemos, são eles; a reconstrução e execução do POP – Procedimento Operacional Padrão e o redimensionamento de profissionais já estão sendo encaminhados e serão solucionados nos próximos dias. Isso demonstra que o compromisso de humanização do prefeito Emanuel tem sido levado à sério por todos que compõe sua equipe”, finalizou.

Leia mais:  Prefeito entrega reforma do PSF Altos da Serra I e II e avança na reestruturação da Atenção Básica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Estudantes com Fies podem suspender parcelas a partir de hoje

Publicado

por

Estudantes que contrataram Financiamento Estudantil (Fies) por meio do Banco do Brasil (BB) ou da Caixa Econômica Federal podem requerer a suspensão do pagamento de até quatro parcelas a partir de hoje (6). A manifestação pode ser feita pelo app BB ou pelo site do financiamento da Caixa. A medida vale para clientes em situação de adimplência com seus contratos, antes do dia 20 de março, data em que foi decretado o estado de calamidade pública no país.

A opção de suspensão pode ser feita por meio do aplicativo do BB. Para isso, o cliente precisa acessar sua conta (efetuar login), clicar no Menu, em seguida em Solução de Dívidas e selecionar Suspensão FIES.

No caso da Caixa, basta o estudante acessar a página, fazer o login e acessar a opção Contrato FIES, Contrato e em seguida selecionar Pausar Contrato, aceitar o temo de compromisso e clicar em Solicitar Pausa.

Segundo o BB, a solicitação será efetivada de forma simples, sem assinatura de termo aditivo e sem necessidade da presença do fiador em qualquer dependência do banco. No entanto, são obrigatórias a ciência e a concordância do estudante para as condições de pausa e, consequentemente, para os reflexos no contrato de financiamento.

Leia mais:  Inscrições para os cursos do Qualifica Cuiabá Mulher começam nesta quinta-feira (11)

Caso o estudante não tenha acesso ao mobile, ele pode solicitar a suspensão nas agências do BB. Para o atendimento presencial, diz o BB, deve ser observado o contingenciamento adotado pelo sistema bancário por conta da pandemia do novo coronavírus e das recomendações da Organização Mundial da Saúde.

Condições

As condições para a suspensão obedecem ao estabelecido na Lei nº 13.998/2020 e na Resolução nº 38/2020, ambas publicadas em maio pelo Ministério da Educação. O pedido pode abranger até quatro parcelas, observada a fase do contrato de cada estudante financiado, de acordo com a legislação vigente:

– Contratos em fase de utilização ou carência: a suspensão alcançará até duas parcelas, que serão incorporadas ao saldo devedor do contrato do estudante financiado, nos termos e condições contratados. Essa medida é válida para contratos formalizados até o 2º semestre de 2017.

– Contratos em fase de amortização: a suspensão alcançará até quatro parcelas, que serão incorporadas ao saldo devedor do contrato do estudante financiado, nos termos e condições contratados. Nesse caso, o período das parcelas suspensas será acrescentado ao vencimento final do contrato.

Leia mais:  Sessões de fisioterapia preparam gari para recebimento da prótese

Está prevista a incidência de juros contratuais sobre as parcelas suspensas, os quais serão contabilizados no saldo devedor do contrato do estudante. A adesão às novas condições pode ser registrada até o dia 31 de dezembro deste ano.

Para tirar dúvidas, os clientes podem acessar as soluções digitais do BB, como o aplicativo BB (smartphone), o portal, além do WhatsApp (61) 4004-0001, da Central de Atendimento BB (0800-729-0001) e das redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin).

No caso da Caixa, os estudantes podem acessar a página www.caixa.gov.br/fies ou ligar para a central 3004-1104, para capitais, e demais regiões pelo 0800 726 0104.

Por Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana