conecte-se conosco


Política

Com 30,3% de intenção de voto empresário do agronegócio, lidera pesquisa para prefeito em São Félix do Araguaia

Publicado

As eleições no município de São Félix do Araguaia começa a se definir com nomes que despontam na corrida eleitoral deste 2020.  Um desses nomes segundo pesquisa e do advogado Dr. Acácio Alves (PROS),  que tem se demostrado otimista pelo apoio nas ruas e com prestígio com alguns deputados estaduais que vem dando apoio na sua corrida.

O segundo vice presidente da Assembleia Legislativa deputado João Batista, Presidente Estadual  do (PRÓS) tem apoiado Dr. Acácio Alves fortalecendo ainda as politicas publicas na região.

Nesta semana o INFOPH Pesquisa e Consultoria realizou uma pesquisa eleitoral em São Félix do Araguaia – MT para avaliar o quadro político no município. As amostras foram colhidas nos dias 24 e finalizadas 30 de outubro, dezesseis dias das eleições 2020.

A pesquisa foi realizada na amostragem estimulada e espontânea, foram ouvidas 300 pessoas, com idade entre 16 e 70 anos, em vários pontos, da cidade. A margem de erro é de 4,98 pontos percentuais e a intervalo de confiança é de 95%.

Leia mais:  Deputados terão 30 dias para apresentar emendas à LDO

O empresário, advogado e candidato do (PROS) lidera a pesquisa para a prefeitura de São Félix do Araguaia – MT.  Apoiado pelo Deputado Estadual Max Russi (PSB) e o Candidato a Senador por Mato Grosso, Euclides Ribeiro (Avante).

O cenário aponta Dr. Acácio Alves (PROS), com 30,3% das intenções de voto, na estimulada. Em seguida, aparece a atual prefeita Janailza Taveira (SD) com 28,0%, seguido do candidato do MDB, Uslei Gomes, com 13,0%.

Em quarto lugar na pesquisa aparece Dr. Almir, com 4,3% das intenções de voto, depois vem o Antonio Bezerra, com 1,0% e Marcos Miranda (PP7), com 0,5%.

Já para o senado, Fávaro (PSD) 14,3 % das intenções de voto, depois Valdir Barrando (PT) com 10,6%, seguida pela Cel. Fernanda (Patriota) 9,0%, Nilson Leitão (PSDB) com 8,3%, Euclides Ribeiro (Avante) aparece com 6,0 %, Pedro Taques (Solidariedade) com 3,0%, José Medeiro (Podemos) 1,3%, Sgt. Elizeu 3,0%, Reinaldo (PSC) 0,3% e ão souberem em quem votar 44,0%.

A questão apresentada aos eleitores foi sobre como votaria o eleitor se as eleições fossem hoje. “Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para vereador, prefeito de São Félix do Araguaia e senador por Mato Grosso?

Leia mais:  Linha 109 voltará a circular em bairros de Cuiabá,mais uma indicação do vereador Clebinho Borges

Com proximidade das eleições 2020, época em que os partidos e as lideranças começam a se organizar para as eleições. Portanto, muitas pesquisas são realizadas em todos os municípios pelos grupos políticos que pretendem disputar, algumas são mantidas em sigilo, pois contém dados qualitativos fundamentais para o sucesso das campanhas.

Veja abaixo os gráficos e a lista dos candidatos à vereadores e prefeitos de São Félix do Araguaia e Senadores Por Mato Grosso.

Clique aqui

Resultado Geral SFA

Comentários Facebook
publicidade

Política

Secretário vê risco em reabrir escolas e afirma que neta estudante foi infectada

Publicado

Andhressa Barboza/ rdnews

O retorno das aulas presenciais em Mato Grosso não deve ocorrer em breve. Com risco alto de contaminação pela Covid-19, as escolas são locais críticos para espalhar o vírus e preocupa autoridades como o secretário chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. Ele relata ter visto toda sua família ser infectada após sua neta de apenas 4 anos, que estava frequentando a escola, ficar doente e acabar contaminado parentes próximos.

Na minha família, até dias atrás, estavam todos contaminados e quem trouxe o vírus para casa foi minha neta de 4 anos que estuda em uma escola privada

Chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho

Ele contou o caso, que é recente, após ser questionado sobre um Projeto de Lei que tramita na Assembleia que prevê a inclusão das instituições de ensino públicas e privadas na lista de serviços essenciais.

“Eu tenho muita dúvida com relação a isso. Na minha família, até dias atrás, estavam todos contaminados e quem trouxe o vírus para casa foi minha neta de 4 anos que estuda em uma escola privada. Então, tenho muita dúvida com relação ao retorno das aulas”, alertou.

Leia mais:  Religiosidade e fé marcam história dos 300 anos da Capital

Na última semana, o governador Mauro Mendes (DEM) sinalizou que não deve sancionar o projeto que já passou em primeira votação pela AL. Ele também alertou, sem citar o caso de Carvalho, que crianças podem ser infectadas e contaminar parentes.

“Você pega uma escola estadual como a presidente Médici, tem 2 ou 3 mil alunos uma escola dessa. Como vamos fazer? Temos que avaliar cientificamente e eu não gostaria de dar a minha opinião, até pelo que aconteceu com a minha família, mas é uma situação que vamos avaliar com muito carinho”, ponderou Mauro Carvalho.

Em relação ao PL, o secretário preferiu não ser direto em defender uma postura contrária. Mas quis deixar evidente o risco de abrir escolas em um momento crítico para a saúde pública que está em colapso há mais de um mês. Já são mais de 8,4 mil mortos pela doença no Estado e, diariamente, a fila de espera de pessoas graves que aguardam vaga em UTI passa de 100 pessoas.

Leia mais:  Governo de MT reduz expediente nos órgãos públicos para conter avanço da Covid-19

“Eu não conversei com o governador sobre essa situação (do PL), mas isso merece um estudo bem aprofundado para que a gente não cometa nenhum ato que vá prejudicar as pessoas. Os critérios precisam ser pensados com muito equilíbrio”, concluiu.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana