conecte-se conosco


Carros e Motos

Chevrolet Onix Plus aparece como sedã mais vendido do mês; veja ranking

Publicado

source
Chevrolet Onix Plus azul arrow-options
Divulgação

Chevrolet Onix Plus: mesmo depois do megarecall o sedã logo superou os rivais com bastante facilidade

As vendas de automóveis e comerciais leves de novembro mostram mudanças importantes no ranking, de acordo com o balanço divulgado pela Renavan. Em geral, o volume vendido no mês ficou em 230.992 unidades, o que é 4,2% menor que os 241.172 de outubro por causa do menor números d dias úteis. Mas o que mais chama atenção está na lista dos 10 primeiros colocados.

LEIA MAIS: Chevrolet Onix Plus enfrenta o rival Honda City. Qual dos sedãs vence?

A principal surpresa fica por conta do sedã compacto Chevrolet Onix Plus , que já no segundo mês complete de vendas aparece como modelo mais vendido do segmento, conforme o Renavan, com 8.092 unidades, bem na frente do principal concorrentes, o VW Virtus, apenas o 17° colocado, com 4.204 unidades. Mesmo com o megarecall, o sedã da GM se saiu bem no mercado.

A terceira posicão do Fiat Argo na lista geral também é outro destaque. Foram 8.270 unidades, o que é próximo das 8.946 do Ford Ka , que ficou em segundo lugar, atrás apenas do Chevrolet Onix hatch, que continua liderança com bastante folga e vai se tornar o carro mais vendido no Brasil pelo quinto mês seguido. Ainda entre os hatches compactos, o Hyundai HB20 da nova geração mostra sinais de que não consiga o mesmo sucesso da anterior, conseguindo somente o 5° lugar com 8.050 unidades.

Leia mais:  Nissan confirma que vai trazer o novo SUV médio X-Trail ao Brasil

 LEIA MAIS: Por que o Chevrolet Onix Plus agradou tanto?

Portanto, os cinco primeiros lugares do ranking exceto o Onix , ficaram todos na casa das 8 mil unidades. Logo abaixo desse patamar vem o VW Polo, com 7.112, aparecendo na frente do VW Gol (6.572). Depois vem o SUV T-Cross, com 6.256 unidades, superando o líder de vendas entre os SUVs compactos, o Jeep Renegade (6.233), mostrando que a VW foi uma das marcas que se saiu melhor nas vendas de novembro. Veja abaixo como ficou o ranking dos 10 carros mais vendidos no mês, segundo o Renavan.

1 – Chevrolet Onix: 19.183

2 – Ford Ka – 8.946

3 – Fiat Argo – 8.270

4 – Chevrolet Onix Plus – 8.092

5 – Hyundai HB20 – 8.050

6 – VW Polo – 7.112

7 – VW Gol – 6.572

8 – VW T-Cross: 6.256

9 – Jeep Renegade – 6.233

10 – Renault Kwid – 6.009 

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Mercedes-Benz Classe A 200 Sedan Advance: evolução da espécie

Publicado

por

source
Mercedes Classe A  200 Sedan arrow-options
Carlos Guimarães/iG

Mercedes Classe A 200 Sedan: linhas arrojadas, aerodinâmica exemplar e conjunto mais equilibrado que o do hatch

Depois de ter saído do Mercedes CLA 180, no ano passado, fiquei curioso de por as mãos no A200 Sedan, vindo do México e bem mais moderno. Pois bem, passei quase uma semana com a novidade, que mostrou claros sinais de evolução, embora ainda tenham faltando alguns itens que um carro que custa quase R$ 170 mil deveria ter de série.

 LEIA MAIS:  Mercedes A250 Vision: as aparências enganam. Confira a avaliação

Como pode não terem incluído no pacote de equipamentos retrovisor interno fotocrômico, abertura e fechamento das portas sem chave, ajustes elétricos do banco do passageiro e ar-condicionado bizone? Além disso, a entrada USB fica escondida debaixo do porta-objetos no console central. 

De qualquer forma, afora a ausência desses equipamentos, o sedã da Mercedes causou melhor impressão que o hatch A250, com um conjunto mais equilibrado e eficiente. No lugar do 2.0, de 224 cv e 35,7 kgfm a 1.800 rpm o A200 vem com o 1.3, turbo, desenvolvido em parceria com a Renault-Nissan, que rende mais modestos 163 cv e 24,4 kgfm a 1.620 rpm.

Com isso, a tração dianteira funciona melhor em qualquer situação. E são números para respostas ágeis ao pisar no acelerador gastando pouco combustível (10,5 km/l na cidade e 14,5 km/l na estrada, diz o Inmetro). Com tanque de 43 litros, a autonomia teórica é de bons 452 km em trechos urbanos e 623 km nos rodoviários, nada mau.

Leia mais:  Veja os 5 hatches compactos mais fáceis e baratos de consertar no Brasil

 LEIA MAIS:  Audi A3 Sedan ganha força para encarar Corolla, Civic e Cruze

As questões da eficiência e da modernidade no Mercedes A200 Sedan foram levadas a sério. Acoplado ao engenhoso motor 1.3 turbo fica o câmbio de dupla embreagem, de 7 marchas bem escalonadas, com trocas rápidas e precisas. Não é preciso subir muito o giro do motor para fazer ultrapassagens com segurança, sempre em silêncio e precisão.

Sem nenhuma pretensão de ser um esportivo, o Mercedes A200 Sedan tem uma direção com assistência elétrica leve nas manobras e que vai ganhado o peso ideal conforme o aumento da velocidade. Mas com rodas de aro 18 montadas em pneus 225/45R 18 (Hankook), alguns solavancos tanto em piso irregular, quanto em lombadas e valetas são inevitáveis. Em contrapartida, com asfalto liso, o carro mostra boa estabilidade nas curvas.

As linhas do Mercedes A200 Sedan também são mais atuais que as do CLA 180. No modelo novo, a parte aerodinâmica foi muito bem cuidada, com coeficiente de arrasto de meros 0,25. Isso contribui com a economia de combustível na estrada e com o baixo nível de ruído. Bom também é que o porta-malas leva bons 430 litros e que o acabamento interno é caprichado, com couro, alumínio e apliques pintados de preto brilhante.

Mercedes Classe A arrow-options
Divulgação

Interior sofisticado e com acabamento caprichado. Mas faltam itens como retrovisor fotocrômico e ar bizone

Também há que se elogiar a ergonomia, como comandos ao alcance das mãos e fáceis de ser acionado na maioria dos casos. É preciso algum tempo para se acostumar com todos os controles no volante, mas é possível controlar até a tela do sistema multimídia. O botão do volume do som no console central também ajuda algumas vezes, mas o destaque fica por conta do comando de voz pelo sistema MBUX, que usa inteligência artificial.

Leia mais:  Renault deverá trazer novo Zoe ao Brasil a partir do ano que vem

O sistema funciona como a Siri da Apple, ou a Bixby dos celulares da Samsung. Basta pronunciar uma saudação, como “Olá, Mercedes”, ou “E aí, Mercedes”, para que a central pergunte o que você deseja fazer. Há uma verdadeira infinidade de comandos, que vão desde ajustes do ar-condicionado, informações sobre o veículo e dados da rota. A nova tecnologia atende até mesmo comandos muito específicos, como ligar a luz de leitura do lado esquerdo. 

LEIA MAIS: Mercedes-Benz CLA 180: é melhor resistir à tentação do sedã de estilo arrojado

Conclusão

O Mercedes Classe A200 Sedan é a versão mais interessante da nova linha da marca alemã. Além de conseguir aliar bom desempenho com baixo consume ainda se mostraum conjunto bem equilibrado, estilo arrojado e tem boa dose de sofisticação. Falta apenas alguns itens essenciais para um carro que beira os R$ 170 mil na versão mais simples.

Ficha técnica

Mercedes-Benz A 200 Sedan
Preço: R$ 169.900
Motor: 1.3, gasolina, turbo, quatro cilindros 
Potência: 163 cv a 5.500 rpm 
Torque: 25,5 kgfm a 1.620 rpm 
Transmissão: sete marchas, dupla embreagem 
Suspensão: McPherson (dianteira), eixo de torção (traseira) 
Pneus: 225 / 45 R18 
Porta-malas: 430 litros 
0 a 100 km/h: 8,1 s 
Vel. Máx: 230 km/h 

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana