conecte-se conosco


Mato Grosso

CGE reestrutura setor de inteligência para reforçar o controle preventivo

Publicado

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) vai reforçar o uso da tecnologia da informação para fiscalizar a aplicação dos recursos públicos no âmbito do Poder Executivo Estadual. Para isso, foi criada uma unidade administrativa de inteligência de controle interno na estrutura organizacional da Controladoria.

A ideia é sistematizar a análise de bases de dados, por meio da aplicação de método científico para cruzar informações de diferentes fontes do Estado e de outras esferas, para a identificação mais tempestiva de situações que possam constituir irregularidades, principalmente fraudes, desvios e danos ao erário.

De posse dessa espécie de “malha-fina”, a CGE poderá realizar auditorias eletrônicas e emitir relatórios às secretarias quanto a possíveis práticas inadequadas logo no início dos trâmites para possibilitar a adoção de providências antecipadas de correção.

“A partir das auditorias eletrônicas, o próprio setor de inteligência vai gerar relatórios aos órgãos estaduais, caso os dados eletrônicos sejam suficientes, como parte do chamado controle concomitante. Caso seja necessário analisar documentos para a produção do relatório, os dados eletrônicos serão encaminhados aos demais setores finalísticos da CGE”, explica o superintendente de Inteligência de Controle Interno, Joelcio Caires.

Leia mais:  Mato Grosso tem 714 oportunidades de emprego

Nesse contexto, o trabalho de inteligência vai possibilitar a geração de trilhas de auditoria, o que contribuirá para a rapidez, precisão e alcance de ações regulares de controle interno e de auditoria dos demais setores finalísticos da Controladoria.

“O uso da tecnologia da informação otimiza o desempenho dos trabalhos de auditoria, sobretudo nas situações que envolvam amplo universo de dados, como no caso de monitorar a existência de relações pessoais entre sócios de uma empresa e os servidores do órgão que a contratou; as licenças médicas, para verificar, por exemplo, se há servidores usufruindo deste tipo de licença mas para fim diverso do tratamento de saúde; as licenças por interesse particular, para verificar, por exemplo, se há servidores em gozo deste tipo de licença para exercer atividades em conflito de interesses com o cargo público”, exemplifica o secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida.

A Controladoria começou a lançar mão da tecnologia da informação e inteligência de negócios há mais de seis anos para dar efetividade a alguns trabalhos de auditoria. Contudo, faltava sistematizar a análise de bases de dados para possibilitar o uso mais frequente das informações produzidas não somente nas auditorias, mas também no controle preventivo.

Leia mais:  Audiência pública debate Projeto de Lei Orçamentária nesta quinta e sexta-feira

A necessidade foi identificada por grupo de trabalho constituído para planejar, propor e desenvolver soluções tecnológicas no âmbito da CGE. “Por isso constituímos um setor especializado para cuidar da produção de conhecimento de controle interno já que o uso da tecnologia é um caminho sem volta e precisamos dela para potencializar o trabalho dos auditores em apoio à boa e regular gestão dos recursos públicos”, acrescenta o secretário-controlador. 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Soldados são homenageados por interação com crianças

Publicado

por

Os soldados Deividy Jhansenn Neto Alves, Marlon da Silva Habeck e Jeberson Silva do Nascimento receberam nesta quarta-feira (20.02) do comandante geral da PM, Jonildo José Assis, um elogio pela atitude de integração com crianças.

O vídeo em que os policiais aparecendo brincando de bets com crianças, enquanto faziam patrulhamento em um bairro carente de Juína (a 735 km de Cuiabá), viralizou na internet e foi replicado em sites de notícias de todo o país.

O coronel Assis destacou a atitude dos soldados. Para ele a redução dos índices de violência não será alcançada apenas com ações reativas, mas com a integração entre a PM e a comunidade.

“Este caso reforça para a população que cada policial militar exerce uma liderança em sua comunidade. O gesto reflete na formação daquelas crianças, que futuramente podem influenciar outras”, destacou o coronel Assis. O comandante frisou que a atitude pode estimular outros policiais.
 
Para o soldado Jeberson, a interação é importante para incentivar as crianças a seguirem pelo caminho correto na vida. Ele agradeceu a homenagem e espera que a interação entre policiais e comunidade continue.  “Temos que manter a proximidade com a população, principalmente com as crianças, adolescentes e jovens, pois não podemos perdê-los para o mundo do crime”, afirma.

Leia mais:  PC descobre esquema de grilagem de terras no Pantanal; áreas eram vendidas por R$ 300

A entrega do elogio aconteceu durante troca de comando do 8º Comando Regional, realizada na Câmara de Dirigentes Lojista, em Juína, com a presença de oficiais e sociedade civil organizada.

Tc Candido, tc Wendel, Cel Pinheiro, sd Jhansen, Cel Asssis, Sd Jeberson, Sd Habeck, Cel Fortes, Cel Wilker e Cel Cruz esquerda pra direita Foto: PMMT

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana