conecte-se conosco


Esportes

Centro Olímpico de Treinamento da UFMT inaugura nesta terça-feira (28) com intensa programação esportiva

Publicado

As atividades ocorrem durante todo o dia e contam com a participação dos principais atletas de Mato Grosso em cada modalidade

O Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso (COT UFMT) será entregue oficialmente à Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) nesta terça-feira (28.01). Para a programação de lançamento do complexo esportivo, a Federação de Atletismo de Mato Grosso em parceria com a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Secel-MT) e a UFMT, promove o Primeiro Camping de Atletismo do Estado.

Ministram as atividades esportivas, os principais atletas de Mato Grosso em cada modalidade. Além dos atletas, estudantes e professores da rede pública de ensino participam da programação de caráter didático.

“Com a chegada do COT UFMT a possibilidade de melhora na qualidade técnica do atletismo em Mato Grosso aumenta consideravelmente. Hoje, Mato Grosso revela grandes campeões que treinaram a vida toda em pistas de brita e terra batida, imagine agora com um complexo esportivo de padrão internacional. Quem sabe até um Campeonato Brasileiro de Atletismo realizado em Cuiabá”, adianta Tomires Campos Lopes, presidente da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT).

Com arquitetura moderna, o COT UFMT conta com uma área construída de 5,4 mil metros quadrados. Os múltiplos espaços do complexo estão divididos em três pisos e a área externa engloba arquibancada para o público, pista de atletismo seguindo padrões internacionais e campo de futebol.

“Será um evento voltado a exposições de novas técnicas das provas de pista e campo e será desenvolvido por atletas de renome nacional e internacional. São atletas que muito contribuíram e ainda contribuem para o atletismo em Mato Grosso”, ressalta Tomires.

Programação do Camping de Atletismo

Marcada para o fim da tarde, às 18h30, a cerimônia de lançamento do COT UFMT, que contará com a presença do governador Mauro Mendes, do presidente da Confederação Brasileira de Atletismo, Warlindo Carneiro Filho e de outras autoridades políticas e do esporte, vai homenagear importantes nomes do atletismo, pessoas que mudaram a história do esporte em Mato Grosso. Porém, durante todo o dia, uma extensa programação dedicada ao atletismo está confirmada.

– Logo no início da manhã, às 8h, ocorrem as provas de corridas de meio-fundo e fundo. A atividade será ministrada pelo professor Sivirino Souza dos Santos, de Barra do Garças, o mais consagrados treinador da modalidade no Centro-Oeste brasileiro. Foi treinador-chefe da delegação brasileira para o sul-americano de Cross Country, em Guayaquil, no Equador, em 2019 e campeão da Copa Brasil de Cross Country, em 2020.

Leia mais:  Jon Jones repete finalização contra Lyoto Machida e apaga fã em evento; assista

– Às 8h10 é a vez das provas de campo de arremesso e lançamento, com os professores Nelson Ramos de Andrade e Gilson Cassemiro de Lima. Nelson, ou Nelsinho, é especialista em provas de campo. Treinador da equipe da Associação de Pais e Amigos dos Desportos de Araputanga, é ex-atleta de provas de corridas de rua e presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de Araputanga, em Mato Grosso.

Gilson, especialista no treinamento em provas de campo, principalmente nos arremessos e lançamentos, é professor da Secretaria de Esportes de Várzea Grande, presidente da Associação Várzea-grandense de Atletismo (AVA), além de professor no projeto “Pé no Futuro”, que há cinco anos proporciona treinamento gratuito em atletismo.

– Também às 8h10, provas de corridas de velocidade com o professor Emerson Rodrigues dos Santos. Emerson é treinador credenciado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT). Atualmente é chefe do Departamento de Esportes do Município de Vera, em Mato Grosso e treinador de Atletismo pelo Clube ASA Sorriso-MT. Especialista em provas de pista de velocidade, é treinador do atleta Arielton, campeão pan-americano nos revezamentos 4x100m.

Marcos Vergueiro

– Na parte da tarde, a partir das 14h, ocorrem as provas de corridas com barreiras, com o professor Marcos Flademir Vieira. Marquinhos é treinador pela Federação Internacional de Atletismo e coordenador do Projeto Social “Semente de Ouro”, na cidade de Sorriso. É especialista em provas de corridas com barreiras pela Consuldatle e treinador da Seleção Brasileira de Atletismo em diversas competições sul-americanas e mundial.

– Também às 14h, prova de salto horizontal com os professores Nelson Carlos Ferreira Junior e Maria Aparecida Souza de Lima. Aparecida é ex-atleta de provas de salto triplo. É a única atleta cuiabana a participar de uma olimpíada. Maria Aparecida competiu na Olimpíada de Atlanta, em 1996 e no Mundial de Atenas, na Grécia, em 1997, na prova do salto triplo. Atualmente é treinadora de atletismo em Cuiabá.

Leia mais:  Bayern faz dever de casa, vence Hannover e põe pressão no Dortmund

De São José dos Quatro Marcos, Mato Grosso, Nelson, ou Nelsão, é atleta brasileiro aposentado, especialista em salto em distância. Representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Verão de 1996 e 2000. Além disso, competiu em três campeonatos mundiais consecutivos a partir de 1993. Seu melhor resultado foi o quinto lugar na edição de 1997. Atualmente é treinador de atletismo em Tangará da Serra, Mato Grosso.

– Às 15h, prova de salto em altura com o professor Jose Elias de Souza. Elias é técnico na Rondonópolis Associação de Atletismo e Esporte Inclusivo, promove a integração social de jovens na cidade do Sul do Estado de Mato Grosso e é especialista nas provas de salto em altura, tendo como principal expoente a atleta Arielly, campeã brasileira e sul-americana no salto em altura.

– Entre 16h30 e 18h, as atenções se voltam para o campo de futebol. Com a turma do Cuiabá Arsenal, os participantes experimentarão uma prova do cada vez mais popular Futebol Americano.

Provas de atletismo

Rodolfo Perdigão Secom-MT

Ainda, após a cerimônia de inauguração do Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso, marcada para começar às 16h30, uma série de provas de atletismo serão realizadas por importantes esportistas vindos de várias cidades de Mato Grosso.

A partir das 19h, atletas de diversas categorias farão uma demonstração para, de maneira simbólica, inaugurar o complexo esportivo. Entre as atividades estão o revezamento 4×100, salto triplo, salto em distância e lançamento de dardos.

Serviço

Programação de inauguração do COT MT

Terça-feira (28.01)

No Centro Olímpico de Treinamento da UFMT, Campus Cuiabá

– Camping de Atletismo: entre 8h e 18h

– Cerimônia de lançamento: às 18h30

– Atividades esportivas: a partir das 19h

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Fórmula 1 cancela GP Brasil este ano em Interlagos

Publicado

A Fórmula 1 cancelou hoje (24) o Grande Prêmio (GP) do Brasil que ocorreria em 15 de novembro. Será a primeira vez, desde 1973, que a corrida não será realizada no país. O anúncio feito nesta sexta-feira (24) por meio de nota oficial da  Fórmula One Management, organizadora do evento. 

Além do GP do Brasil no autódromo de Interlagos, também foram cortadas da temporada deste ano outras três provas: Canadá, Estados Unidos e México. As corridas estavam previstas para acontecer entre outubro e novembro, com exceção do GP do Canadá, que seriam em em junho.

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, comentou a decisão durante coletiva de imprensa sobre a situação da pandemia do novo coronavírus (covid-19), em São Paulo. Covas disse que a prefeitura vai respeitar a decisão dos organizadores da Fórmula 1. No entanto, ressaltou que a capital paulista, em novembro, estará em situação melhor do que nas cidades onde já ocorreram corridas este ano. Covas afirmou ainda que as tratativas pra renovação do contrato da Fórmula 1 em Interlagos no ano que vem continuam. O contrato termina este ano.

No início deste mês, o chefe da Mercedes, o austríaco Toto Wolff, já havia se pronunciado sobre a inviabilidade de realização do GP no país. Na ocasião, ele revelou o teor da conversa que teve com o diretor executivo da F1, o norte-americano Ross Brown, sobre o risco de realizar o GP no Brasil diante do descontrole da pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país.

Leia mais:  As maiores rivalidades e brigas entre companheiros de equipe dentro da Fórmula 1

Por meio de mensagem publicada o Twitter, os organizadores comentaram a decisão.

“Com a pandemia da COVID-19 em curso, significa que, infelizmente, não será possível competir no Brasil, EUA, México e Canadá este ano. Esperamos voltar na próxima temporada para as Américas para fazer um show para nossos fãs apaixonados da região.” e ainda completou em nota publicada no site – “Também queremos prestar homenagem aos nossos incríveis parceiros nas Américas e esperamos voltar com eles na próxima temporada, quando mais uma vez conseguirem emocionar milhões de fãs ao redor do mundo.”

Por meio de nota oficial, a  assessoria de comunicação da empresa Interpub, responsável pelo GP Brasil, disse: “Sobre as notícias divulgadas hoje, 24/07/2020, dando conta do cancelamento do GP Brasil de Fórmula 1 e das demais corridas das Américas, comunicamos que não recebemos até o presente momento nenhuma comunicação oficial da Federação Internacional de Automobilismo e, dessa forma, não poderemos nos manifestar”.

A Fórmula 1 deveria iniciar em março, mas teve de ser adiada por causa da explosão de casos de covid-19 pelo mundo. Ao todo, 15 provas já foram afetadas pela insegurança sanitária, sendo que sete delas (Austrália, Mônaco, França, Holanda, Azerbaijão, Cingapura, Japão, Brasil, Canadá, Estados Unidos e México) foram canceladas. Já outras quatro provas acabaram adiadas (Bahrein, Vietnã, China e Espanha).

Leia mais:  Vereador Abilio requer audiência para debater sobre “Psoríase” e o preconceito em torno da doença

Por outro lado, mais três circuitos foram confirmados para a temporada 2020. Em Nürburgring (GP da Alemanha), acontecerá em 11 de outubro. Já o de Portimão (GP de Portugal) aparece como novidade. Ele foi agendado para 25 de outubro, e será a primeira vez que o Circuito Internacional de Algarve sediará uma corrida de F1. O país não recebia um evento de Campeonato Mundial da categoria desde 1996. Por fim, o de Ímola (GP da Emilia Romagna) está marcado para 1º de novembro, na Itália.

Com o calendário revisado devido à pandemia, os organizadores da Fórmula 1 reiteraram o objetivo de completar o Campeonato Mundial com a disputa de 15 a 18 provas. Inicialmente era previsto 22 circuitos. O encerramento da competição deverá acontecer em dezembro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Por Rafael Monteiro – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana