conecte-se conosco


Polícia

Casos de feminicídio cresceram 59% no Estado em 2020

Publicado

Os casos de feminicídio em Mato Grosso aumentaram 59% em 2020, em relação a 2019. Foram registrados 62 crimes de homicídios com esta qualificadora entre janeiro e dezembro do ano passado, contra 39 no mesmo período do ano anterior.

Já em 2018 houve 42 casos. Os dados são da Superintendência do Observatório de Segurança da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

No total, foram registrados 104 homicídios de mulheres em 2020 (62 feminicídios e 42 sem essa qualificação). O número corresponde a um aumento de 19% em relação a 2019, quando foram regitrados 87 homicídios (39 feminicídios e 48 não qualificados dessa forma).

A maioria dos casos totais de homicídios, incluindo feminicídios, registrados em 2020 foram consumados com uso de arma cortante ou perfurante (36%), seguidos de arma de fogo (28%), outros (20%), e força muscula e arma contundente, ambos com 8%.

A Sesp-MT também fechou os dados das principais ocorrências criminais envolvendo mulheres de 18 a 59 anos de idade. No estado, os crimes de ameaça, lesão corporal e injúria continuam liderando os registros, mas também apresentaram reduções.

Leia mais:  Veículo com fundo falso foi apreendido com droga em Alto Garças/MT

Em 2020 foram identificados 18.076 crimes de ameaças, contra 20.600 no ano passado (-12%); enquanto houve 9.649 e 10.334 registros de lesão corporal, respectivamente (-7%); e 5.161 ocorrências de injúria em 2020 e 6.153 em 2019 (-16%). Alguns crimes tiveram aumento, como estupro, com 6% (442 casos no ano passado e 418 no ano retrasado); violação de domicílio (5%) e importunação sexual, que passou de 176 para 220 casos.

Já em Cuiabá, os crimes de ameaça reduziram 13%, injúria 12% e lesão corporal 6%. O crime de importunação sexual foi responsável por 51 casos em 2020, contra 52 em 2019, enquanto assédio sexual passou de 54 para 34 casos (-37%). Apresentou aumento de 11% o crime de estupro, com 84 casos no ano passado e 76 no ano anterior.

Com relação a Várzea Grande, as reduções chegam a 15% nos crimes de ameaça; 2% em lesão corporal e 30% nos casos de injúria. O crime de estupro também reduziu 5% (37 casos em 2020 contra 35 em 2019). Houve aumento de 14% nas ocorrências de importunação sexual, sendo que foram registrados 16 casos no ano passado e 14 no ano anterior.

Leia mais:  Polícia Civil autua 210 pessoas por crimes de violência doméstica e concede 243 medidas protetivas em novembro

O número de emergência em situações graves e que exigem socorro imediato é sempre o 190. Para registrar qualquer denúncia, basta ligar para 197, 180 e 181. Vale lembrar que todas as denúncias são sigilosas. Além disso, as denúncias também podem ser registradas presencialmente nas delegacias (PJC-MT) de Mato Grosso, ou qualquer delegacia do município em que a vítima reside.

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Ladrão invade casa, faz reféns e tenta estuprar jovem

Publicado

por

Um jovem, 19 anos, por invasão de domicílio, tentativa de roubo e tentativa de estupro, no bairro Aurília Salies Curvo, em Várzea Grande.

Os militares foram informados que o suspeito tinha pedido água para dois irmãos que estavam em casa, uma jovem e um adolescente. Aproveitando da situação, ele rendeu as vítimas e as levando para o quarto. Ele ainda tentou violentar a jovem, mas ela resistiu.

Durante a ação criminosa, chegou o padrasto dos jovens que sem perceber o que estava acontecendo foi recepcionado pelo suspeito que vestia uniforme de uma empresa de distribuição de água. Logo que a testemunha entrou na casa, o criminoso fugiu em uma bicicleta levando bijuterias e dinheiro. As vítimas foram encontradas trancadas em um dos quartos.

O padrasto fez o trajeto do suspeito e já no bairro Santa Barbara, encontrou a bicicleta usada na fuga e acionou os policiais.

Em diligência, moradores identificaram a bicicleta e o suspeito e passaram seu endereço. Na residência, o denunciado foi rendido e encontrado em seu quarto o uniforme usado no crime. Questionado sobre os objetos roubados, ele disse que tinha dispensado durante a fuga.

Comentários Facebook
Leia mais:  Etapa Guaporé do Fetran reúne 18 espetáculos sobre trânsito
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana