conecte-se conosco


Carros e Motos

Carro movido a jato atinge 806,1 km/h em deserto africano, Veja video

Publicado


Bloodhound LSR arrow-options
Divulgação

Bloodhound LSR: por enquanto, vem com motor de caça, mas logo terá que ser trocado por outro, de foguete

O recorde mundial de velocidade na terra ainda está para ser batido pelo modelo Bloodhound LSR. Por enquanto, o carro movido a jato conseguiu atingir 806,1 km/h durante testes nas areias do deserto da África do Sul. Com uma turbina Rolls-Royce EJ200 na traseira, o carro precisa de um para-quedas para ajudar a ser freado.

LEIA MAIS:  Bugatti Chiron alcança 490 km/h e bate recorde; confira o vídeo

A parte aerodinâmica do carro movido a jato é parecida com a de um foguete. E o projeto é da empresa Grafton LSR, com sede no Reino Unido, cujo pessoal trabalha para atingir a meta de alcançar as 1000 milhas por hora, ou 1.609 km/h, estabelecendo um novo recorde.

No ano que vem já deverão chegar nos 763 mph, ou 1.227,7 km/h. Ao volante estará o piloto de caça supersônico Andy Green . Mas para chegar nesse patamar de velocidade será preciso trocar o motor de avião por outro, de foguete. E o local para atingir a marca insana é o deserto de Hakskeen Pan, onde o lago seco não tem pedregulhos que podem causar acidentes.

Leia mais:  VW T-Cross já é o quarto SUV mais vendido nas concessionárias

LEIA MAIS: Koenigsegg acelera de 0 a 400 km/h em 31,49 segundos e bate recorde

Mesmo assim, cerca de 300 pessoas foram convocadas para limpar a pista de 19 quilômetros de extensão, onde o Bloodhound LSR acelera. Além do piso, as condições climáticas são fundamentais para conseguir bater o recorde. Portanto, apenas quanto não tiver chuva será possível trabalhar. Confira abaixo o video do carro movido a jato passando os 800 km/h.


Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Laboratório afirma ter remédio contra Covid

Publicado

por

pcional e pode salvar vidas após ser aprovado pela agências reguladoras. Nós estamos trabalhando dia e noite para que esse produto seja aprovado e disponibilizado ao público”, disse Henry Ji em comunicado aos investidores.

Os testes foram conduzidos em laboratório, com o vírus in vitro. Agora, a Sorrento pretende pedir aos agentes reguladores da saúde nos Estados Unidos prioridade na liberação do medicamento, para que o remédio chegue o mais rápido possível à população.

De acordo com o laboratório, a fábrica em San Diego tem capacidade para produzir 200 mil doses do medicamento por mês. Antes mesmo da aprovação da droga, a Sorrento vai produzir 1 milhão de doses.

O anúncio foi bem recebido na bolsa Nasdaq, onde a empresa é listada. As ações da Sorrento estavam em alta de 161% na bolsa americana de tecnologia.

Comentários Facebook
Leia mais:  Com chances de ser fabricado no Brasil, Toyota Raize é revelado no Japão
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana