conecte-se conosco


Carros e Motos

Caoa desiste de comprar fábrica da Ford, diz governador de São Paulo

Publicado

fábrica da Ford arrow-options
Divulgação

Fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP), que será totalmente desativada em março próximo

A novela da compra da fábrica da Ford pela Caoa chega ao fim. O governador de São Paulo, João Doria, confirma que o Grupo Caoa não tem mais interesse na unidade de produção paulista, que deixou de operar em outubro de 2019. Ainda segundo Dória, apesar da desistência da Caoa, existem dois fabricantes chineses que estão em negociação com a marca americana.

LEIA MAIS: Grupo Caoa não é o único interessado na fábrica da Ford em SBC, diz presidente

Durante evento na capital paulista, Dória também comentou que “Caoa acabou não consolidando a compra da fábrica da Ford exatamente porque o grande investidor chinês queria um espaço maior para produção automobilística”.

A fábrica da Ford, em São Bernardo do Campo (SP) empregava 2.350 funcionários no início de 2019, sendo que mil desses são da área administrativa que passarão a trabalhar em outro escritório, em São Paulo, uma vez que o prédio da unidade de produção será totalmente desativado em março.

Leia mais:  Hyundai HB20 1.0 Diamond Plus faz jogo rápido contra Fiat Argo 1.8 Precision

Caoa tem planos de nova fábrica

Caoa arrow-options
Divulgação

Carlos Alberto de Oliveira Andrade, o CAOA, gerencia operações de Hyundai, Chery e Subaru no Brasil

A Caoa não comprará mais a fábrica da Ford, mas negocia com três marcas chinesas, embora não se saiba quais são eles. O fundador e chairman do Grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, disse que tem planos de abrir uma nova fábrica em parceria com chineses.

LEIA MAIS: Ford encerra produção de caminhões na fábrica de São Bernardo do Campo

Hoje em dia, a Caoa é importador das marcas Hyundai e Subaru, além de ser um dos maiores revendedores Ford e ter sociedade com a chinesa Chery, marca que produz no Brasil os modelos Tiggo 2, Tiggo 5X e Tiggo 7, além do sedã Arrizo 5.

Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Laboratório afirma ter remédio contra Covid

Publicado

por

pcional e pode salvar vidas após ser aprovado pela agências reguladoras. Nós estamos trabalhando dia e noite para que esse produto seja aprovado e disponibilizado ao público”, disse Henry Ji em comunicado aos investidores.

Os testes foram conduzidos em laboratório, com o vírus in vitro. Agora, a Sorrento pretende pedir aos agentes reguladores da saúde nos Estados Unidos prioridade na liberação do medicamento, para que o remédio chegue o mais rápido possível à população.

De acordo com o laboratório, a fábrica em San Diego tem capacidade para produzir 200 mil doses do medicamento por mês. Antes mesmo da aprovação da droga, a Sorrento vai produzir 1 milhão de doses.

O anúncio foi bem recebido na bolsa Nasdaq, onde a empresa é listada. As ações da Sorrento estavam em alta de 161% na bolsa americana de tecnologia.

Comentários Facebook
Leia mais:  Novo Chevrolet Tracker estreia na China com motores turbo e câmbio CVT
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana