conecte-se conosco


Cidades

Câmara de VG tem 58% de renovação; veja os nomes

Publicado

A Câmara de Várzea Grande terá uma renovação de pouco mais de 50% na próxima legislação. Ao todo, apenas nove dos 21 vereadores conseguiram renovar o mandato para os próximos 4 anos.

Nomes tradicionais da política varzea-grandense, como Chico Curvo (PTB) e Jânio Calistro (DEM) – dois são ex-presidentes do Parlamento Municipal  –  amargam derrota no pleito de 2020. Curvo, aliás, tinha tinha seis mandatos  consecutivos.

O prefeito eleito, Kalil Baracat (MDB), conseguiu eleger 9 vereadores de partidos aliados. O DEM, do vice Hazama, elegeu 5 parlamentares, o MDB, dois; e PSDB e PP, um.

Veja a lista dos eleitos 

Fabinho (DEM) – 3.828 votos  – reeleito

Pedrinho (DEM) – 2.611 votos  – reeleito

Pablo Pereira (DEM) 2.437  votos  – eleito

Rosy Prado (DEM) – 2.437  votos  – eleito

Gisa Barros (DEM) – 2.253 votos  – reeleita

Clayton Guerra, o Sardinha (PTB)  – 1.869 votos  – reeleito

Enfermeiro Emerson Campos (Progressista) -1.852 – votos  eleito

Jeronimo de Carvalho – “Jero Neto” (MDB)-1.405  votos – eleito

Leia mais:  Servidores de VG amanhecem com 13º salário na conta nesta terça

Alessandro Moreira (Progressistas) – 1.330 – votos –  eleito

Carlos Maritins (Republicanos)  1.301 – votos – reeleito

Rogério França (PSD) – 1.229 – votos –  reeleito

Denival Rodrigues (PSL)  – 1.145 votos  – eleito

Paulo Cézar  (Republicanos)- 1.129 – votos –  eleito

Joaquim Antunes (PSDB) – 1.088  votos –  reeleito

Eucaris Terezinha (MDB) – 1.079 votos  – eleita

Icaro Reveles  (PDT) 1.065 votos  –  reeleito

Mauro Sérgio Pereira  (PSB) 997 votos –  eleito

Bruno Lins (PSB) – 977 votos – eleito

Hilton Gusmão (PV) – 877 votos  –  eleito

Braz Jaciro (PROS)  716 – votos  eleito

Ivan dos Santos (SD) – 659 votos  – reeleito

 Veja aqui toda votação para a Câmara de Várzea Grande

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Criação do Conjuve assegura participação efetiva da juventude na gestão municipal

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  Famílias do bairro Planalto começam a receber projeto de reforma do programa “Bem Morar”

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana