conecte-se conosco


Política

Câmara abre espaço criativo para seus servidores apresentarem ideias

Publicado

style”text-align: justify”>Numa campanha à inclusão artística, a presidência do Legislativo da capital convida o funcionalismo da Casa de Leis para que elabore logotipo referente ao tricentenário da capital. O desenho vencedor vai ser agregado ao slogan da instituição parlamentar, “A Casa do Povo nos 300 Anos”
A gestão Misael Galvão abriu hoje (7), oficialmente, até à próxima sexta, 11, o prazo para que seus servidores participem da elaboração do logotipo alusivo aos 300 anos de Cuiabá. Com o slogan “A Casa do Povo nos 300 Anos”, a Mesa Diretora pretende estabelecer maior participação do funcionalismo (e respectivos familiares) nas decisões do recinto legislativo, conforme análise da presidência. “Tanto que os familiares diretos dos nossos funcionários também podem concorrer”, explica Galvão. Ele acredita que essa abertura propicia também o desenvolvimento de mais ideias que podem vir a contribuir com melhorias significativas no âmbito parlamentar e no restante da sociedade.
“Se todo um coletivo de uma instituição se manifesta de forma concreta, expondo o que pensa e deseja, fica bem mais fácil visualizarmos quais projeções, em linhas gerais, têm amplitude real de benefícios aos munícipes. A elaboração do logotipo é incentivo notório disso, ponto de partida de outras construções sociais”. Misael ainda enfatizou ser justa a participação direta dos servidores por reconhecer o quanto eles são importantes no contexto cotidiano do Parlamento.
Segundo as normas fixadas, a campanha de arte é extensiva também aos detentores de cargos comissionados. O secretário de Comunicação Social, Leonardo Arruda, disse que os comissionados estão igualmente integrados com os efetivos na corrente de trabalho prestado à sociedade pela Câmara Municipal. “Daí a receptividade para que venham participar, apresentem seus desenhos. A melhor ideia terá reconhecimento oficial do Parlamento, por meio de cerimônia pública. O autor(a) do logotipo a ser escolhido, baseado no tema aniversariante da capital, será homenageado”.

João Carlos de Queiroz – Secretaria de Comunicação Social – Câmara Municipal de Cuiabá

Leia mais:  Exposição retrata 20 anos da Igreja Batista da Paz de Cuiabá

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook
publicidade

Política

Israel enviará avião para ajudar no combate aos incêndios na Amazônia

Publicado

por

O governo de Israel enviará um avião para auxiliar as Forças Armadas brasileiras no combate aos incêndios na Floresta Amazônica. A informação foi dada hoje (25) pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) após reunião, no Palácio do Alvorada, com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o assessor para assuntos internacionais da Presidência da República, Filipe Martins. A reunião começou por volta das 15h e terminou agora há pouco.

Segundo postagem de Eduardo Bolsonaro em sua conta no Twitter, o envio da ajuda foi acertado após um telefonema entre o presidente brasileiro e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu. 

“Em telefonema hoje entre o PR @jairbolsonaro e PM @netanyahu, o Brasil aceitou a ajuda oferecida por Israel de avião munido de equipamentos para apagar incêndios, que somará esforços na missão das Forças Armadas na Amazônia”, escreveu o deputado. Ainda segundo ele, o destino da aeronave israelense será definido pelas Forças Armadas brasileiras. 

Mais cedo, um despacho do presidente Jair Bolsonaro, publicado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), autorizou o emprego das Forças Armadas no combate aos incêndios florestais no Acre, Mato Grosso e Amazonas. Com isso, são sete os estados que solicitaram apoio federal nas operações, já que Roraima, Rondônia, Tocantins e Pará haviam feito o pedido desde a última sexta-feira (23), quando o presidente assinou o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que permite a atuação dos militares da União. A medida vale para áreas de fronteira, terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental e outras áreas da Amazônia Legal.

Leia mais:  Janeiro Roxo: Câmara de Cuiabá alerta à população para a prevenção da hanseníase

Incêndios criminosos

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro,também informou hoje que a Polícia Federal vai investigar integrantes de um grupo que teria planejado atear fogo em áreas de floresta entre os municípios de Altamira e Novo Progresso, sudoeste do Pará, no último dia 10 de agosto, data que chegou a ser batizada, por produtores rurais da região, como “dia do fogo”. O caso foi denunciado em uma reportagem da revista Globo Rural. 

Edição: Nélio de Andrade

Fonte: EBC Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana