conecte-se conosco


Mato Grosso

Cáceres recebe decoração de Natal construída por reeducandos

Publicado

Cáceres está decorada para o período natalino, levando luzes e cores às praças e ruas da cidade. E o trabalho de dar vida à essa decoração tem a colaboração de um grupo de reeducandos da unidade prisional masculina do município, que aprendeu em oficinas a criação e montagem dos cenários.

Árvores natalinas, presépio, casa do papai Noel, todas iluminadas, fazem a alegria de crianças e adultos na decoração que vai da praça da Sematur até a praça Barão do Rio Branco, às margens do rio Paraguai. Com orientação do cenógrafo Marcionei Miranda, os reeducandos começaram há meses a construção dos cenários.

O diretor da unidade prisional, Welton Ribeiro, explica que o trabalho dos reeducandos permite a remição de pena e também os capacita para uma atividade. “Uma série de atividades desenvolvidas pela unidade permite a qualificação dos reeducandos, além de outras parcerias firmadas com a unidade prisional, empresas e o poder público de Cáceres, como o emprego de mão de obra em atividades da prefeitura e de empresas da cidade”.

O Projeto Natal de Luzes é realizado pela Prefeitura de Cáceres, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, em parceria com Conselho da Comunidade, concessionária Águas do Pantanal, unidade prisional do município e empresas da cidade.

Leia mais:  Avenida de acesso ao Centro Político será interditada no fim de semana

A colaboração dos reeducandos na decoração da cidade ocorre em outras épocas do ano, como no Festival Internacional de Pesca, quando são feitos ornamentos em material reciclável. Para confeccioná-los, os custodiados participam de oficinas para reaproveitamento de garrafas plásticas.

Todas as atividades laborais desenvolvidas por reeducandos, selecionados e aptos legalmente após avaliação da unidade prisional e liberação da justiça, têm amparo na Lei de Execução Penal (LEP). A cada três dias trabalhados, o reeducando ganha um na redução da pena.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Encontro discute Plano Estadual de Atendimento à Saúde de Pessoas Privadas de Liberdade

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana