conecte-se conosco


Política

Bruno Rios e Edclay Coelho disputam a presidência da UCMMAT

Publicado

Duas chapas irão concorrer as eleições para a presidência da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT). O atual presidente, vereador por Vila Bela da Santíssima Trindade, Edcley Coelho (Solidariedade) e o vereador por Várzea Grande, Bruno Rios (PSB), disputam o pleito no dia 24 de fevereiro.

O registro das chapas ocorreu no final da tarde de sexta-feira (12), na sede da entidade. A definição do número das chapas se deu por ordem de sorteio no momento do registro das candidaturas. O número 01 ficou com a chapa “Gestão, União e Transparência”, encabeçada pelo vereador de Várzea Grande, Bruno Rios. A chapa “Unidos pela UCMMAT – Celso Gaspar”, encabeçada pelo vereador Edcley Coelho ficou com o número 02.

Com todas as regras que irão gerir o processo eleitoral, estabelecidas e com as chapas devidamente protocoladas e deferidas pela Comissão Eleitoral, “esperamos por um pleito tranquilo e com a participação significativa dos vereadores aptos a votar e escolher a próxima Diretoria Executiva da UCMMAT para o biênio 2021/2022”, disse o presidente da Comissão Eleitoral, Gerivan Evangelista.

Leia mais:  Estado garante R$ 35 milhões para escolas, licenças-prêmio e 1/3 das férias para temporários

A eleição na UCMMAT irá ocorrer no dia 24 de fevereiro, na sede da entidade, em Cuiabá. A posse da nova mesa diretora será sete dias após as eleições.

Comentários Facebook
publicidade

Política

TCE volta ao teletrabalho em MT

Publicado

Em virtude das projeções de colapso do sistema de saúde, o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) e o Ministério Público de Contas (MPC) estabeleceram novas regras para o funcionamento do órgão de controle externo nos próximos 15 dias.

Conforme portaria conjunta nº 032/2021 publicada no Diário Oficial de Contas (DOC) desta quarta-feira (03), de 4 a 19 de março as atividades das unidades do TCE-MT devem ser realizadas exclusivamente na modalidade de teletrabalho, compreendendo 100% das respectivas equipes.

Neste período, também foram suspensas as sessões do Plenário Virtual, do Tribunal Pleno e das Câmaras, as inspeções in loco, os atendimentos presenciais ao público externo, os eventos, cursos e reuniões presenciais, que deverão ser realizadas exclusivamente de maneira remota e sem exigir a presença de servidores ou colaboradores do TCE-MT.

A portaria também estabelece a suspensão dos prazos dos processos virtuais e não virtuais no período de 4 a 19 de março, com exceção dos processos administrativos conduzidos pela Secretaria Executiva de Administração. A partir de 22 de março, os prazos processuais serão retomados no estágio em que se encontravam no momento da suspensão, sendo restituídos por tempo igual ao que faltava para a sua complementação.s no âmbito do TCE-MT.

Comentários Facebook
Leia mais:  Artesãos são homenageados na Câmara Municipal
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana