conecte-se conosco


Esportes

Brasileira será primeira mulher a nadar da Bolívia ao Peru no Lago Titicaca

Publicado


Patrícia participará do Desafio no Lago Titicaca em 28 de fevereiro
Leo Francini

Patrícia participará do Desafio no Lago Titicaca em 28 de fevereiro

A ultramaratonista aquática Patrícia Farias será a primeira mulher do mundo a encarar o Desafio do Lago Titicaca, entre a Bolívia e o Peru. A nadadora de 37 anos irá atravessar o lago navegável mais alto do planeta no dia 28 de fevereiro, em um percurso de 20 km. 

Leia também:  Fifa 19 decide remover Emiliano Sala do jogo em respeito à sua morte e legado

A carioca vai nadar em temperaturas que variam entre 10ºC e 14ºC e 3.812 metros de altitude. Patrícia já está na história dos esportes aquáticos por ter sido a primeira mulher a realizar os 35 km da Travessia Do Leme ao Pontal, a maior maratona aquática do Brasil, e agora quer ir além com o Desafio do Lago Titicaca.

“Para mim é motivador poder ser a primeira mulher a nadar da Bolívia ao Peru, sensação imensurável. A causa é mais valiosa ainda, que é uma questão ambiental e ao mesmo tempo de fomentar o esporte na região, além de levar um pouco desse sentimento único para as crianças. Estou muito feliz em ter essa oportunidade em um lugar único, de rico valor cultural e histórico”, comentou Patrícia.

Leia mais:  Anderson Silva diz que lutará pelo cinturão do UFC se vencer Israel Adesanya

A data do Desafio foi adiada em uma semana a pedido dos organizadores da prova. O único atleta a fazer o percurso foi o brasileiro Maurício Giaxa, responsável pelo convite à atleta. A nadadora Dailza Damas já nadou no lago Titicaca , porém fez outro trajeto.

Leia também:  Em silêncio, Flamengo volta aos treinos para o Fla-Flu após incêndio em CT

Assista ao vídeo promocional do evento.

Para encarar a travessia de 20 km, Patricia Farias fez acompanhamento com nutricionista e médico especialista em esporte.

“Como ganhamos mais uma semana, em contato com a minha nutricionista, combinamos melhor a suplementação e faremos mais alguns testes. Estou também sendo acompanhada pelo médico, que está monitorando minha rotina diária e está elaborando algumas estratégias”, disse a atleta.

“A programação de treinos não foi prejudicada, e temos agora uma gordurinha. Aproveito também esse tempo para me dedicar um pouco mais a fisioterapia e acupuntura”, comentou Patrícia.

Leia também:  Goleiro herói do São Paulo na Copinha já planeja estrear no time profissional

Para encarar o Desafio do Lago Titicaca ela conta com o apoio do município de Copacabana, localizado na Bolívia, e do técnico Guilherme Siga.

Leia mais:  Depois de seis anos, seleção brasileira voltará ao Maracanã para amistoso

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Ver o futebol brasileiro virou motivo para castigo e tortura

Publicado

por

– Filho, você está de castigo . Quem mandou tacar fogo no lixo. Isso não se faz. E outra coisa: suas notas estão péssimas na escola e a diretora reclamou dizendo que você fez xixi no pátio. Eu me reuni com sua mãe e decidimos uma punição adequada. Não adiantou ficar trancado em casa por uma semana, nem não comer doce, nem perder seus brinquedos. Agora a coisa ficou séria. Você vai ter de ver o jogo todo do São Paulo . Os noventa minutos. Segundo por segundo.

– Esse castigo não, papai. Prefiro estudar matemática. Aquele Jucilei é muito ruim. Não quero. Buáááááááááááá. E o técnico. Tem o nome da minha sala. Jardim da infância.

– É Jardine, garoto. E ele saiu. Infelizmente. Com ele a tortura seria maior. Ainda bem que o Diego Souza continua, pelo menos isso. E tem mais, viu? No domingo você vai assistir o Corinthians . Completinho. Até os acréscimos.

Leia também: Cimatti – Você já voltou para sua escola?

Leia mais:  Anderson Silva diz que lutará pelo cinturão do UFC se vencer Israel Adesanya

– Mas, papi…

– Mas, nada. O Carille vai fechar o time pra você não dar uma risadinha. Retrancar mesmo. O Avelar na esquerda. Do jeito que eu gosto, como foi contra o Avenida, no quase vexame histórico. Parece que o Araos vai ser titular. Manoel e Henrique. E, se desgrudar os olhos da TV por um milésimo de segundo, eu tiro o videogame também.

– Aí já é demais.

Leia também: Análise IMPERDÍVEL da derrota do São Paulo na Libertadores

– Fica quieto. Porque sábado tem o Palmeiras . Lucas Lima e Borja em campo. E outra: Deyverson fora. Não vai ter mau exemplo. Assim você não se inspira nele pra fazer bobagens na escola. Vai ver esse também.

– E o Santos , pai. Posso ver?

– Claro que não. Já disse: não é pra ter prazer. É pra sofrer. O Santos tem um técnico que gosta de jogar bola. Você não vai ver futebol. Vai ter sofrimento. É castigo, não centro de diversões.

Leia mais:  Jogadores da NFL fantasiados de traficante de drogas e usuário causam polêmica

Leia também: Jornal coloca Militão no Real Madrid

– Mas…

– Calado! Já pro quarto! Se reclamar mais ainda tem o Campeonato Carioca, o Mineiro, o Gaúcho. Vai ter de assistir Botafogo e Bangu. O Brasil inteiro de muita grossura e chutão.

– Buuuuuuuáááááááááááá. Buuuuuuuuááááááááá.

Olha aí, amor. Ainda reclama do castigo . Nem mandei ver o Guarani ou a Ponte Preta. Na próxima ele vai ter de assistir a coletiva de imprensa do Roger Machado. Sem mimimi e sem chororô. Aí vai ver o que é bom pra tosse.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana