conecte-se conosco


Esportes

Brasileira será primeira mulher a nadar da Bolívia ao Peru no Lago Titicaca

Publicado


Patrícia participará do Desafio no Lago Titicaca em 28 de fevereiro
Leo Francini

Patrícia participará do Desafio no Lago Titicaca em 28 de fevereiro

A ultramaratonista aquática Patrícia Farias será a primeira mulher do mundo a encarar o Desafio do Lago Titicaca, entre a Bolívia e o Peru. A nadadora de 37 anos irá atravessar o lago navegável mais alto do planeta no dia 28 de fevereiro, em um percurso de 20 km. 

Leia também:  Fifa 19 decide remover Emiliano Sala do jogo em respeito à sua morte e legado

A carioca vai nadar em temperaturas que variam entre 10ºC e 14ºC e 3.812 metros de altitude. Patrícia já está na história dos esportes aquáticos por ter sido a primeira mulher a realizar os 35 km da Travessia Do Leme ao Pontal, a maior maratona aquática do Brasil, e agora quer ir além com o Desafio do Lago Titicaca.

“Para mim é motivador poder ser a primeira mulher a nadar da Bolívia ao Peru, sensação imensurável. A causa é mais valiosa ainda, que é uma questão ambiental e ao mesmo tempo de fomentar o esporte na região, além de levar um pouco desse sentimento único para as crianças. Estou muito feliz em ter essa oportunidade em um lugar único, de rico valor cultural e histórico”, comentou Patrícia.

Leia mais:  Jogador inglês pega nove meses de prisão por agredir enfermeira; veja vídeo

A data do Desafio foi adiada em uma semana a pedido dos organizadores da prova. O único atleta a fazer o percurso foi o brasileiro Maurício Giaxa, responsável pelo convite à atleta. A nadadora Dailza Damas já nadou no lago Titicaca , porém fez outro trajeto.

Leia também:  Em silêncio, Flamengo volta aos treinos para o Fla-Flu após incêndio em CT

Assista ao vídeo promocional do evento.

Para encarar a travessia de 20 km, Patricia Farias fez acompanhamento com nutricionista e médico especialista em esporte.

“Como ganhamos mais uma semana, em contato com a minha nutricionista, combinamos melhor a suplementação e faremos mais alguns testes. Estou também sendo acompanhada pelo médico, que está monitorando minha rotina diária e está elaborando algumas estratégias”, disse a atleta.

“A programação de treinos não foi prejudicada, e temos agora uma gordurinha. Aproveito também esse tempo para me dedicar um pouco mais a fisioterapia e acupuntura”, comentou Patrícia.

Leia também:  Goleiro herói do São Paulo na Copinha já planeja estrear no time profissional

Para encarar o Desafio do Lago Titicaca ela conta com o apoio do município de Copacabana, localizado na Bolívia, e do técnico Guilherme Siga.

Leia mais:  Fifa 19 decide remover Emiliano Sala do jogo em respeito à sua morte e legado

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Mais uma polêmica! Jon Jones é acusado de assédio por garçonete

Publicado

por

Lance

Jon Jones arrow-options
UFC/Divulgação

Jon Jones

Vindo de vitória sobre Thiago Marreta no UFC 239, realizado no dia 6 de julho, Jon Jones, mais uma vez, vê seu nome envolvido em nova polêmica. No último domingo (21), a emissora KRQE News 13 informou que o campeão meio-pesado do UFC está sendo acusado de assédio, resultante de um incidente que ocorreu em uma casa noturna situada em Albuquerque, no Novo México (EUA), em abril.

O americano teria dado um tapa de maneira inapropriada em uma garçonete que estava em serviço no estabelecimento TD’s Eubank Showclub, e também a puxou para o seu colo e beijou seu pescoço. Os detalhes surgiram de uma ligação que a garçonete fez para a polícia de Albuquerque em sua casa. A suposta vítima também afirma que Jon Jones aplicou um estrangulamento e a colocou no chão, apesar dela ter dito a ele para parar de tocá-la.

Leia mais: Adesanya provoca Jon Jones: “Agradece a Deus enquanto cheira nos bastidores”

Porta-voz do lutador, James Hallinan, em comunicado a KRQE News, negou as alegações feitas em nome do seu cliente e disse que o atleta não estava ciente das acusações até a notícia vir a público no último domingo: – Hoje a mídia falou com Sr. Jones sobre uma falsa acusação feita contra ele e os papéis foram enviados para o endereço errado. Porém, após receber os documentos pela imprensa, Sr. Jones foi imediatamente na Corte para pagar a pequena taxa de fiança e ele e outras múltiplas testemunhas estão prontos para quaisquer esclarecimentos sobre as mentiras que estão sendo ditas sobre ele – diz o comunicado. 

Leia mais:  Bolsonaro é vaiado durante entrega de prêmio da Copa América

Ainda de acordo com a emissora, um relatório mostra que o campeão meio-pesado do  UFC não compareceu à corte para uma sessão de acordo pela acusação feita em seu nome. Desta forma, um mandato de prisão contra o atleta foi emitido. Outros relatórios indicam que a corte tentou enviar uma carta para “Bones” sobre o mandato, mas não tiveram êxito.

Leia mais: Jon Jones repete finalização contra Lyoto Machida e apaga fã em evento; assista

Além disso, um representante da Jackson Wink, equipe onde o atleta treina, afirmou que Jon Jones foi à Corte no último domingo após tomar conhecimento, pela imprensa, do fato. Ao chegar ao local, o americano pagou 300 dólares em dinheiro como fiança.

Jones nega acusações 

Na manhã desta segunda-feira (22), Jon Jones se pronunciou através das redes sociais para comentar sobre mais uma polêmica em seu nome. Ao ser perguntado por um seguidor se estava em “apuros” novamente, o lutador tratou de negar qualquer problema, tranquilizando seus fãs. 

Leia mais:  Metralhadora, porco… Argentinos relatam medo ao se perderem na Cidade de Deus

– Eu, definitivamente, não estou em apuros, meu amigo. Não seja tão rápido em acreditar em tudo que você lê na Internet – disse Jon Jones , afirmando ainda que pretende retornar ao octógono do Ultimate em dezembro.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana