conecte-se conosco


Política

Botelho diz que novo “Fiotão” começou com emenda parlamentar

Publicado

Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), que participou da entrega da reforma e ampliação do Ginásio Esportivo Fiotão, em Várzea Grande, disse que a “obra marca um ciclo de resgate histórico muito importante para a cidade. Várzea Grande está recebendo esta obra que já foi um grande cartão de visita da cidade, o Fiotão. Foi abandonado, ficou destruído e agora está repaginado, refeito e entregue para a população”, disse o presidente do Legislativo.

A reforma e ampliação do Complexo Esportivo “Júlio Domingos de Campos”, o “Fiotão”, foi entregue à população pela prefeita Lucimar Sacre de Campos (DEM), em solenidade com a presença do governador Mauro Mendes, do senador Jaime Veríssimo de Campos (DEM), deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB), presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), e pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).  

“A entrega desta obra é também uma satisfação para nós, porque começou com uma emenda do ex-deputado Gilmar Fabris. É isso aí, é o Parlamento, a Assembleia Legislativa ajudando Várzea Grande, ajudando Mato Grosso”, completou Botelho.

Leia mais:  Presidente da Funai é exonerado do cargo

O Complexo Esportivo reinaugurado leva o nome do patriarca da família Campos, Júlio Domingos de Campos, o Seo Fiote.  Além da viúva, Amália Curvo de Campos, compareceram à reinauguração vários familiares e em nome da família, o filho Júlio Campos, ex-governador, agradeceu à chefe do Executivo Municipal pela reforma da obra que eterniza o nome de Seo Fiote.

“Em nome da minha mãe, meus nove irmãos, 23 netos e 25 bisnetos de Júlio Domingos de Campos, agradeço a esta grande mulher, Lucimar Sacre Campos, que faz Várzea Grande se reencontrar com o passado e o futuro e eterniza mais uma vez o nome do meu pai. Lembro também que na data de hoje, 27 de setembro, este ginásio completa 37 anos”, recordou o ex-governador.

Comentários Facebook
publicidade

Política

Familiares brigam, populares gravam confusão com celular e cinco são presos pela PM

Publicado

por

Moradores do bairro Vila Operária chamaram a polícia para atender uma ocorrência de vias de fato, alegando que ouviram disparos de arma de fogo na confusão

A Polícia Militar prendeu cinco pessoas após uma briga generalizada na madrugada de domingo (31.05), em Rondonópolis. Três mulheres (19,34 e 40 anos) e dois homens (30 e 33) foram detidos. Na ação os policiais apreenderam uma faca, munição, dinheiro e uma arma de fogo.

Moradores do bairro Vila Operária chamaram a polícia para atender uma ocorrência de vias de fato, alegando que ouviram disparos de arma de fogo na confusão. Os policiais foram até a residência denunciada.

Uma das moradoras da casa contou à polícia que a confusão teve início quando houve uma discussão familiar dentro de casa, que acabou atraindo curiosos para frente de sua residência. Durante a briga dentro do imóvel, alguns vizinhos ficaram na frente da casa, filmando a confusão com aparelhos celulares.

Um dos suspeitos que estava na casa havia feito um disparo de arma de fogo para o alto, para dispersar as pessoas que estavam assistindo a confusão em sua residência.

Leia mais:  Dom Milton suspende missas em Cuiabá a partir de 26 de março

Durante a confusão, uma mulher levou um tapa no rosto e outro foi alvejada com um tiro de raspão no pescoço, disparado por uma vizinha.

Os policiais fizeram buscas na residência, localizando um dos suspeitos que estava com a arma de fogo, ele havia se escondido dentro de um dos quartos da casa.

Os policiais visualizaram marcas de tiros na parede da residência, uma faca que havia sido utilizada para ameaçar uma das suspeitas detidas foi apreendida. Todos os envolvidos foram conduzidos à Central de Flagrantes por vias de fato.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana