conecte-se conosco


Política

Botelho destaca conclusão do Centro de Treinamento da UFMT

Publicado

Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

Presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), participou da inauguração do Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso (COT UFMT), nesta terça-feira (28), em Cuiabá. Oportunidade em que destacou a parceria entre Legislativo e Executivo à consolidação de ações para alavancar o estado. 

O parlamentar também lembrou a sua trajetória na UFMT, onde cursou Engenharia Elétrica, época em que praticava atletismo, esporte que iniciou na década de 70, na antiga Escola Técnica, hoje Instituto Federal de Mato Grosso – IFMT. 

Com diversas autoridades presentes, Botelho parabenizou o governo por priorizar a retomada de obras paralisadas. “Fui atleta, sempre corri aqui nessa pista. Depois comecei a lecionar e não deu para seguir essa carreira. Então, em nome de todos os deputados, é uma satisfação estar aqui nesse momento. Estamos vendo que o que estamos fazendo está dando certo, dando resultados”, comemorou Botelho.

Ressaltou que logo no início da gestão de Mendes sugeriu a conclusão das obras inacabadas. “O governador Mauro Mendes tomou a decisão que eu sugeri para primeiro terminar essas obras que estavam paralisadas há muito tempo. Esta é uma delas que era para a Copa do Mundo. E o governador está inaugurando, inclusive, começando a obra que teve início na gestão Júlio Campos. O hospital central será referência de hospital público no país. É isso que queremos, resultados. A Assembleia Legislativa está pronta para trabalhar e ajudar a melhorar nosso estado”, concluiu o parlamentar.

Leia mais:  Regularização fundiária urbana e rural é debatida na Assembleia

Myrian Serra, reitora da UFMT, informou que a princípio o centro olímpico será utilizado pela Faculdade de Educação Física. “A partir de hoje começamos a dialogar na comunidade acadêmica, principalmente a faculdade de Educação Física, para que a gente possa administrar este espaço que é da comunidade, que é da UFMT e de Mato Grosso. Este é um espaço excelente e Mato Grosso e o Brasil ganham muito com este complexo”, afirmou a reitora.

Na oportunidade, o governador Mauro Mendes explicou sobre a retomada de obras paralisadas. “O COT era uma das responsabilidades que foram assumidas na época da Copa de 2014 e seis anos depois estamos finalizando esta e tantas outras obras que estão pendentes, não só ligadas à Copa, mas que estavam paralisadas em todo o estado. Vale ressaltar que retomamos mais de 200 obras no ano passado e este ano se Deus quiser iremos avançar muito para Mato Grosso virar esta página”, pontuou Mendes.

Também participaram os deputados Max Russi (primeiro-secretário da ALMT), Valmir Moretto (PRB), Paulo Araújo (PP), Wilson Santos (PSDB). 
COT – Com investimento de R$ 17 milhões, arquitetura moderna, o COT está dividido em três pisos e a área externa engloba arquibancada para o público, pista de atletismo seguindo padrões internacionais e campo de futebol. 

Leia mais:  A dois dias do recesso parlamentar, atividades no Congresso esfriam

 

Comentários Facebook
publicidade

Política

Davi anuncia para esta quarta instalação da comissão mista da reforma tributária

Publicado

por

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou que a comissão mista da reforma tributária será instalada nesta quarta-feira (19). A declaração foi dada a jornalistas logo após ele ter recebido o governador de São Paulo, João Doria, na residência oficial do Senado. Segundo Davi, os 50 membros já foram indicados pelos líderes partidários. Serão 25 senadores e 25 deputados que, segundo o presidente, ajudarão na consolidação de um texto comum.

— Naturalmente, a construção de uma matéria tão importante, aguardada há décadas, tem vários atores envolvidos. Os estados, com legitimidade, têm se posicionado em relação a alguns pontos da reforma. Mas todos aqueles governadores com quem tenho conversado são favoráveis, porque a reforma desburocratiza a vida das pessoas.

A comissão especial servirá para debater os textos que tramitam na Câmara PEC 45/2019, no Senado PEC 110/2019 e o a ser enviado pelo governo, com vistas à definição de um projeto de conciliação. Assim como Davi, João Doria também destacou a importância de buscar um acordo sobre a matéria, mas disse que deverá haver uma posição conjunta dos estados sobre o assunto.

Leia mais:  Deputados entregam equipamentos em Jangada

— Minha posição coincide com a do presidente Davi Alcolumbre: é conciliar todos os textos, buscando a melhor alternativa, e com diálogo. A intenção é estabelecer pontos em comum para este debate. Não é uma visão de São Paulo, mas do Brasil. E o Fórum de Governadores contribuiu nesse sentido — avaliou.

Fonte: Agência Senado

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana