conecte-se conosco


Política

Botelho avalia importância do diagnóstico da Dislexia

Publicado

Deputado participou da cerimônia de sanção à lei que beneficiará estudantes portadores de transtornos específicos como a Dislexia. Também recebeu Moção de Aplausos pelo apoio à causa

Mais um importante passo foi dado para ajudar estudantes de Mato Grosso portadores de Dislexia. A afirmação foi dada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), durante cerimônia no Palácio Paiaguás, nesta quarta-feira (4), para a sanção da Lei 11.239/20, que institui o Plano de Atenção Educacional Especializado (PAE) para os alunos diagnosticados com transtornos específicos de aprendizagem (dislexia, disgrafia e discalculia) nas instituições de ensino e dá outras providências.

Na oportunidade, o presidente Botelho recebeu Moção de Aplausos, do deputado Wilson Santos (PSDB), pela colaboração no V Simpósio sobre Dislexia de Mato Grosso: Dislexia em Tempos de Ensino Remoto, realizado no mês passado por Wilson, no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros. Esse evento é anual e impulsionou a elaboração da Lei 11.239, de autoria de Wilson Santos.

Emocionado, Botelho lembrou as dificuldades que vivenciou com um de seus irmãos na época em que o diagnóstico de transtornos específicos era mais difícil. E defendeu a importância de políticas públicas que ajudem as famílias que enfrentam o problema com algum ente querido. E lembrou outras frentes de trabalho que estão sendo realizadas, para ajudar autistas, combate à violência doméstica, dentre outros.

Leia mais:  Regina Duarte diz estar ‘noivando’ com Bolsonaro após reunião

“Ter dislexia não impede alguém de ter sucesso na vida. Temos o exemplo da Tatá Werneck, do ator Pedro Cardoso. Mas é preciso que haja amparo do Estado e da família”, afirmou o deputado Wilson Santos, ao agradecer o apoio do presidente da ALMT e o governador Mauro Mendes.

A presidente da Associação Dislexia MT, Érika Fernandes Souza, afirmou que a nova lei sancionada pelo governador Mauro Mendes, vai fazer a diferença na vida dessas pessoas. “Milhares de crianças com dislexia em Mato Grosso terão um suporte e uma vida melhor”.

A lei prevê que as instituições públicas e privadas da rede municipal e estadual de ensino, da educação básica e superior, façam a avaliação diagnóstica e o acompanhamento educacional especializado de alunos diagnosticados com transtornos específicos de aprendizagem.

De acordo com a presidente de honra e uma das fundadoras da Associação Dislexia MT, Gabriela Andrade, Mato Grosso se tornou referência em políticas públicas para as pessoas com dislexia.

“As pessoas com dislexia eram invisíveis e hoje nos sentimos respeitados. Nos sentimos cidadãos de Mato Grosso, porque fomos vistos e começamos a ter direitos nos espaços escolares e na sociedade”, concluiu.

Leia mais:  Câmara Setorial reúne deputados, prefeitos e vereadores de MT e da Bolívia

“Esses alunos poderão viver uma vida melhor e com mais tranquilidade. Vamos fazer todo o esforço para implementar isso em toda a nossa rede e ajudar milhares de crianças por todo o Mato Grosso”, garantiu o governador Mauro Mendes.

Também participaram a deputada Janaina Riva (MDB), o secretário Estadual de Educação, Alan Porto; a ex-secretária de Educação, Marioneide Kliemaschewsk e o chefe-da Casa Civil, Mauro Carvalho.

Comentários Facebook
publicidade

Política

Deputado assina TAC e promete não realizar mais festas

Publicado

O deputado estadual Faissal Calil (PV) assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público Estadual (MPE) no qual se compromete a não realizar festas em sua residência, localizada no bairro Shangri-lá em Cuiabá, que excedam o volume de som permitido na “Lei do Silêncio”. O desrespeito à norma renderá multa no valor de R$ 3 mil.

“Se abster, a partir desta data, de produzir nos eventos realizados em sua residência ou sob sua responsabilidade, ruídos em níveis tais que possam resultar em danos à saúde humana”, diz o promotor 17ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística e do Patrimônio Cultural de Cuiabá, Gerson Natalício Barbosa.

 

De acordo com o TAC, chegou ao conhecimento da promotoria de Justiça que o deputado realizou uma festa para comemorar a vitória do vereador Marcus Brito Jr. (PV), que é seu aliado político. O termo de compromisso foi assinado no dia 15 de dezembro.

Ainda consta no documento que as celebrações são realizadas com frequência no local. “De acordo com a notícia, as festas organizadas pelo senhor Faissal Jorge Calil Filho são recorrentes e causam grande perturbação à vizinhança”.

Leia mais:  Câmara de Cuiabá apoia projeto da 13ª edição “Liquida Centro 2019”

 

Veja vídeo da festa 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana