conecte-se conosco


Mato Grosso

Bombeiro de MT conquista 2º lugar em concurso nacional de fotografia

Publicado

Um bombeiro membro da equipe de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso recebeu, nesta terça (03/12), em Brasília, o troféu de 2º lugar no concurso nacional de fotografia “Cidadania em Foco”, promovido pela Controladoria-Geral da União (CGU) e coordenado pela Ouvidoria-Geral da União (OGU). O soldado BM Edinaldo Alves Vieira se inscreveu no concurso com a foto de título “O combate na luta diária”, em que há bombeiros perfilados e o mais próximo está coberto de suor.

O soldado E.Vieira é o fotógrafo oficial do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso e está sempre nas solenidades militares buscando as melhores imagens que representem cada atividade. Além disso, E.Vieira é designer e cria as artes publicadas nas redes sociais e material impresso da coorporação. “É uma alegria saber que um militar dedicado como ele obteve o reconhecimento em um concurso nacional de fotografia, a além de tudo fortalecendo a imagem da instituição”, afirma a Coordenadora de Comunicação Social do CBMMT, Tenente Coronel BM Sheila Sebalhos.

Leia mais:  Primeira-dama incentivará a expansão de projetos sociais com enfoque esportivo para todo Estado

Por ser o 1º concurso de fotografia que participei, foi uma surpresa para mim. O Soldado BM E.Vieira já atua há quase 5 anos com fotografia e design somente no CBMMT. “Fiquei ansioso em receber o prêmio e por representar o Corpo de Bombeiros e o Estado de Mato Grosso”, afirma o fotógrafo.

O concurso visa fomentar a participação social por meio de registros fotográficos que ilustrem cenas e situações sobre os temas: gestão pública, ética, controle social e cidadania. Os três primeiros colocados podem ser conferidos no site do concurso.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Sindal vota contra os servidores

Publicado

por

Jovanildo Antonio da Silva (foto), presidente do Sindal que já tem uma atuação pífia, agora está levando porrete de todo lado dos servidores da Assembleia. É que, ao invés de sair em defesa da categoria e se manifestar contra o projeto do governo de elevar a alíquota previdenciária de 11% para 14%, o sindicato votou favorável à proposta no Conselho de Previdência. O projeto aumenta a incidência da base de cálculo da alíquota até dos aposentados de todos os Poderes e órgãos vinculados, como os do MPE. Hoje se desconta 11% sobre alíquota que excede o teto do INSS, que é de R$ 5,8 mil. A partir da aprovação do projeto na AL, o desconto subirá para 14%. Aposentado que ganha até R$ 5 mil e hoje não tem desconto, passará a ter corte de 14% do que exceder o salário mínimo (R$ 998 reais), o que significa contribuição de R$ 574 reais. Em mensagem de áudio encaminhada aos servidores da AL, Antonio Vagner se mostrou indignado com o fato do Sindal votar com o governo e classificou isso de vergonha e de traição.

Leia mais:  PM prende homem que mantinha mulher em cárcere privado em Alta Floresta

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana