conecte-se conosco


Política

Bolsonaro conversa com primeiro-ministro do Reino Unido

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro conversou hoje (15), por telefone, com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson. Em postagem no Twitter, Bolsonaro disse que cumprimentou o chefe de governo britânico pela recente vitória nas eleições do país e discutiu sobre a relação bilateral.

Em dezembro do ano passado, Johnson, que é líder do Partido Conservador, obteve uma ampla vitória nas eleições do parlamento britânico, conquistando a maioria absoluta das cadeiras no Legislativo do país europeu. A vitória abriu caminho para o Reino Unido concluir de forma definitiva o Brexit, que é saída do país da União Europeia, aprovada pela maioria da população em um referendo realizado em 2016, mas que vinha se arrastando sem consenso sobre o termos do desligamento. 

Leia mais:  Mapa determina recolhimento de todos os produtos da Cervejaria Backer

O Reino Unido é o 15º principal destino das exportações brasileiras. A corrente de comércio entre os dois países somou, de janeiro a dezembro do ano passado, um volume de US$ 5,29 bilhões.

Edição: Aline Leal

Comentários Facebook
publicidade

Política

Botelho diz que está pronto para ser governador de Mato Grosso

Publicado

por

Com a possibilidade do vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) ser eleito senador de Mato Grosso na vaga de Selma Arruda (Podemos), o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), não perdeu tempo e se disse pronto para sentar na cadeira do comandante do Palácio Paiaguás.

 

Botelho passa a ser o primeiro na linha de sucessão, ou seja, se Mauro Mendes (DEM) viajar para uma missão internacional ou mesmo de férias ele assume o comando governo do Estado.

“Só digo pra você, eu estou pronto para sentar naquela cadeira”, disse o presidente sorrindo.

Pivetta será candidato pelo PDT na eleição suplementar, ele não perde o mandato se não for eleito senador. Caso seja eleito, ele precisa deixar o mandato de vice de Mauro.

Pivetta apesar de ser o vice ainda busca apoio de Mauro para à disputa.

Botelho pode ser beneficiado caso Pivetta ganhe. No entanto, apoia o ex-governador Júlio Campos, pré-candidato de seu partido.

O grupo de Mauro pode ter três candidatos, Júlio Campos, Otaviano Pivetta e Carlos Fávaro (PSD). Em 2018, Mendes apoiou Fávaro. Porém, o cenário é outro e aliados do governador já pediram que ele fique neutro no pleito.

Leia mais:  Allan comemora fim da CPI dos Fundos

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana