conecte-se conosco


Cidades

Barra do Garças: ‘rei do porco’ visita cidade e sugere investir economicamente após encontro com advogado

Publicado

O empresário Reinaldo Morais (PSC) – o “rei do porco”, cumpriu outra parte da sua agenda, esta tarde, em Barra do Garças (510 km de Cuiabá), com uma reunião no escritório do advogado Domingos Sávio (PRTB), na região central.

No encontro, ouviu pedidos em prol de índios Xavantes e outras etnias de Luciano Fseredze (PRTB). O indígena, reforçou que neste período de pandemia, seu povo se sentiu ‘abandonado’ por autoridades políticas e outros representantes locais.

“Eles só aparecem na época das eleições. Precisamos de representantes que saibam o que nós estamos passando e, nas nossas aldeias”, explicou o índio Xavante que pretende representar politicamente seu povo por Barra do Garças.

Reinaldo afirmou a importância do apoio aos índios da região e fez compromissos em conhecer melhor a realidade das aldeias.

Já, o advogado Domingos Sávio, discutiu investimentos no segmento empresarial e de turismo. Ele ouviu do empresário a possibilidade de expandir seus negócios, em Barra do Garças e, na região do Araguaia.

Leia mais:  Contribuinte tem até o dia 31 para renovar o Alvará de Funcionamento 2019

Domingos, também visitou alguns bairros na companhia de Reinaldo. Um dos locais foi o Distrito Industrial (saída para Cuiabá), e ouviu ideias para atrair empresas de vários segmentos. Também visitaram a sede onde funcionou um frigorífico, na BR-158, e atualmente está sendo utilizado por uma empresário.

“Reinaldo é um mega empresário que vê possibilidades em nossa cidade. Tem projetos importantes para dar empregos e atrair indústrias e outros negócios. Ouvi dele que podemos sim, mudar esse cenário triste e atrasado economicamente, além de dar novos empregos. É tudo que precisamos. Agora, eu consegui vê uma grande possibilidade de uma união forte entre o PSC e o PRTB e pretendo lecar e concretizar diversos projetos”, disse o advogado.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Elaboração do Plano Estadual de Resíduos Sólidos é tema de conferência online da Sema e UFMT

Publicado

O evento, aberto a população, será no dia 12 de agosto (quarta-feira), às 9 horas, e poderá ser acompanhado pelo canal SETEC/UFMT no YouTube

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) realizarão uma webinar de lançamento do Projeto de “Elaboração do Plano Estadual de Resíduos Sólidos (PERS)”.

O evento, aberto a população, será nesta quarta-feira (12.08), às 9h, e poderá ser acompanhado pelo canal PERS no YouTube.

A secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, abre a webinar falando sobre o Plano de Resíduos Sólidos como instrumento de desenvolvimento sustentável para o Estado, seguida por representantes do Ministério do Meio Ambiente, Assembleia Legislativa de Mato Grosso e Associação Mato-grossense dos Municípios.

Em suas apresentações, a engenheira Heliana Kátia Tavares, coordenadora-geral da Câmara Temática de Resíduos Sólidos da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) fala sobre a importância do PERS e o professor Paulo Modesto Filho, coordenador do PERS/UFMT, fala sobre a elaboração do Plano.

PERS

O Plano Estadual de Resíduos Sólidos está sendo elaborado pela Fundação de Apoio e Desenvolvimento da Universidade Federal de Mato Grosso (Uniselva), firmado em contrato entre Sema e UFMT. A verba para execução é oriunda de convênio com Ministério do Meio Ambiente, no valor de R$ 1,88 milhão.

Leia mais:  Viaduto Jornalista Clóvis Roberto de Queiroz recebe ação de limpeza

O primeiro repasse, de R$ 185 mil, foi feito pela Caixa Econômica Federal, que é o agente financeiro, no mês de julho. Em junho a Sema recebeu da UFMT os primeiros produtos que irão nortear a elaboração do PERS: o Plano de Mobilização Social e a proposição de metodologia.

O PERS prevê a participação contínua da comunidade em geral e de grupos específicos, como setor industrial e Associação de Catadores, e neste momento de pandemia da Covid-19 utiliza de meios eletrônicos para garantir o acesso popular. As enquetes são realizadas via celular obedecendo à ordem de isolamento social e acatando medidas de segurança estipuladas pelo Governo de Mato Grosso.

O documento requer um modelo de planejamento de fácil acesso à população, estimulando os segmentos sociais a participarem de forma individual ou coletiva. Ele vai nortear as Políticas de Desenvolvimento Sustentável do Estado de Mato Grosso de acordo com as diretrizes constantes da Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS, instituída pela Lei federal nº 12.305/2010 e seu Decreto Regulamentador.

Leia mais:  Central de Regulação em Cuiabá capacita servidores do PS, UPAs e policlínicas

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana