conecte-se conosco


Polícia

Bandidos roubam loja e trocam tiros com PM em fuga; 1 morre em Cuiabá

Publicado

Um assalto realizado há pouco à loja Martinello na Estrada do Moinho, em Cuiabá, terminou com um criminoso baleado e outro detido. Um terceiro indivíduo conseguiu fugir e está sendo procurado pela Polícia Militar.

O bandido baleado chegou a fugir por um matagal, mas foi encontrado morto algum tempo depois.

As informações preliminares indicam que três bandidos fizeram reféns dentro do estabelecimento e, após roubarem alguns produtos, saíram em fuga. Todavia, quando eles deixavam a loja, encontraram uma viatura da PM e saíram em alta velocidade.

Os criminosos, contudo, acabaram batendo o veículo em que estavam num poste. Em seguida, deixaram o carro e atiraram contra os policiais, que revidaram.

Um dos criminosos foi baleado, mas, mesmo assim, conseguiu fugir por um matagal em companhia de um comparsa. Outro criminoso foi detido.

Diversas viaturas e o helicóptero Águia do Ciopaer trabalham para capturar os criminosos. O oficial de área do 1º Batalhão de Cuiabá informou que todos os criminosos usam tornozeleira eletrônica.

Leia mais:  Investimentos em inteligência reduziram em mais de 20% índices de crimes em MT

Por: LARISSA MALHEIROS / folhamax

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  Polícia Civil entrega projeto do inquérito policial eletrônico ao TJ visando integração de sistemas

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana