conecte-se conosco


Esportes

Atletas e modelos plus size ganham destaque no esporte e nas passarelas

Publicado

Na semana do 2º turno das eleições no Brasil, Reynoso “Fenômeno”
busca o tri no Campeonato Brasileiro Senior Top, que acontece na Sociedade Hípica Paulista, de quinta a sábado (25 a 27 de outubro). E é um dos favoritos da competição.


Gordo ou Fenômeno, José Roberto Reynoso comemorando vitória no GP do Indoor 2018
Divulgação

Gordo ou Fenômeno, José Roberto Reynoso comemorando vitória no GP do Indoor 2018

Leia também: Concurso de Salto na Hípica Paulista tem exposição de carruagens antigas

Quem pensa que jogador de futebol acima do peso não se dá bem em campo, está muito enganado. Craques como Ronaldo Fenômeno, Diego Maradona, Adriano Imperador, o goleiro australiano Mark Bosnich ou egípcio Mido provaram que é possível ter bom desempenho esportivo com alguns quilinhos a mais. A Hípica Paulista
pode será palco de mais um exemplo desses.

E não é só no futebol que atletas acima do peso têm destaque. O hipismo
também tem revelado estrelas “plus size”. É o caso do cavaleiro olímpico José Roberto Reynoso Fernandez Filho, bicampeão brasileiro de Seniores Top e do ranking em 2015/2016, que também lidera o ranking 2018. José Roberto, apelidado de “Gordo”, tem 1,83 de altura e pesa praticamente o dobro de um jóquei de provas de velocidade, que não passam dos 50 quilos.

Leia mais:  Depoimento de Najila é peça-chave para concluir investigação do caso Neymar

“O cavalo é um animal muito forte e o hipismo é um esporte de equilíbrio. Para levantar qualquer peso, é importante encontrar este ponto de equilíbrio. O mesmo acontece sobre o cavalo, na hora de saltar. Estou bastante focado no Campeonato Brasileiro e vou competir com o Azrael W, que recém retornou às pistas e venceu o GP no Indoor em 30 de setembro na Hípica Paulista. O Azrael é o cavalo que eu tenho mais conjunto e isso é muito importante, por isso, escolhi saltar somente com ele”, destaca José Roberto Reynoso, de 38 anos.

Leia também: Cavaleiro olímpico Doda lança campeonato hípico com R$ 2 milhões em prêmios

O Brasileiro de Seniores é disputado em três alturas: Senior Top (rendimento máximo), a 1.55 metro; Senior, a 1.40 metro; e Senior Especial, a 1.35 metro. Na Olimpíada de Londres, Reynoso saltou 1,60m. Um Concurso de Salto Nacional, com provas de 1,0 a 1,30 metro, também está na programação da SHP durante o campeonato.

Modelos plus size

José Roberto vai contar com uma torcida importante: as modelos plus size do Ford Models Curve, novo departamento da agência Ford Models Brasil, que vão participar da abertura do evento hípico, no dia 25, às 13:00 horas.

Leia mais:  Marquinhos conta como foi marcar Messi na Copa América sofrendo com diarreia

Marta Adami
Ford Models

Marta Adami

A Ford Models é a primeira agencia a criar um departamento voltado só para modelos curvilíneas e também é pioneira ao apostar no potencial do segmento de modelos GG nas passarelas mais disputadas do país.

Leia também: Hípica Paulista recebe 28º concurso de salto internacional e nacional indoor

O casting de modelos plus size da agência se apresenta no maior evento de moda da América Latina, a 46ª edição do São Paulo Fashion Week, que começou dia 21 e vai até 26 de outubro, no espaço Arca, na Vila Leopoldina (Zona Oeste de São Paulo).

Criado em fevereiro de 2017, o Ford Models Curve tem um casting seleto de 16 modelos, com idades de 18 a 30, manequim do 44 ao 48, de 1.67 a 1.78 metro de altura, e um mix de belezas de todo o Brasil – há loiras, morenas, negras e ruivas. Algumas delas estarão na Hípica Paulista
.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Apresentado, Rogério Ceni cita Zico e promete Flamengo ofensivo

Publicado

Apresentado à torcida e à imprensa como técnico do Flamengo, Rogério Ceni prometeu um time agressivo, “com o máximo de atacantes possível”. Na entrevista coletiva que concedeu nesta terça-feira (10) à tarde, pouco antes de comandar a primeira atividade no Ninho do Urubu, o treinador enalteceu o elenco que terá à disposição para trabalhar.

“O que importa é que os atletas se sintam à vontade. A longo prazo, temos que seguir o estilo do Flamengo, que é de um time ofensivo, que marca à frente e gosta da posse de bola. Se tenho bons jogadores em uma mesma posição, tenho de encontrar um jeito de colocá-los para jogar. O problema é que aqui tem muitos bons em várias posições, então alguém acaba ficando fora. Você pode usar o [Giorgian De] Arrascaeta e o Everton [Ribeiro] pelos lados. Pode usar Bruno [Henrique], Gabriel [Barbosa, o Gabigol] na frente. Ainda tem Vitinho, Pedro, Pedro Rocha, Michael. Essa [ataque] é a área que mais gosto de mexer, pois libera a criatividade. Além de um meio-campo que tem Gerson, [Thiago] Maia, [William] Arão e outros tantos jovens da base”, descreveu Ceni.

O técnico Rogério Ceni visita as instalações do Ninho do Urubu, Centro de Treinamento do Flamengo.

Se no ataque sobram opções, a defesa tem sido uma dor de cabeça no Flamengo. O time carioca sofreu 29 gols em 20 partidas pela Série A do Campeonato Brasileiro – oito apenas nas duas últimas partidas do torneio, nas derrotas por 4 a 1 para o São Paulo e 4 a 0 para o Atlético-MG. Somente o Goiás, que é o último colocado, foi mais vazado que o Rubro-Negro, que ocupa o terceiro lugar.

Leia mais:  Com oito brasileiros na disputa, Libertadores 2019 começa nesta terça-feira

“Só amanhã [quarta-feira, dia 11] é que vamos poder responder, mas acho que erro defensivo é fruto de [erros de] sistema de jogo. A crítica existe a um determinado jogador ou outro, principalmente zagueiros, goleiros, enfim. Quando se tem um número elevado de gols sofridos, temos que tentar ajustar, com a colaboração de todos. Aqui a gente vem para gerar ideias e colocar situações para os atletas. São eles que vão resolver dentro de campo”, avaliou o técnico, já projetando a possível estreia no comando do Rubro-Negro, diante do São Paulo, às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Ceni é o substituto do catalão Domènec Torrent, demitido após a goleada sofrida para o Atlético-MG no último domingo (8). O ex-goleiro deixou o comando do Fortaleza após cerca de três temporadas no clube – com uma rápida passagem pelo Cruzeiro no período. Pelo Leão do Pici, foi bicampeão cearense e conquistou os títulos da Copa do Nordeste e da Série B do Brasileirão, com 60% de aproveitamento em 153 jogos.

Leia mais:  “Futebol é o esporte mais belo do mundo”, afirma Papa Francisco

“Primeiro, sou muito agradecido ao Fortaleza. Eu sei que o torcedor fica triste e eu, logicamente, deixo parte do meu coração em Fortaleza. Mas acho que ele compreende o tamanho do desafio. Um convite do Flamengo, no momento que o Flamengo vive, é difícil de recusar”, disse o treinador, que revelou ter contatado o ex-jogador Zico, maior ídolo rubro-negro, antes de assumir o cargo.

“Esse é meu 30º ano trabalhando com futebol. Já enfrentei muitas vezes o Flamengo. Vi Maracanã com casa cheia, vi Zico, Júnior, e tantos craques da história do Flamengo. Até mandei uma mensagem ao Zico antes de chegar aqui, se ele me permitia a entrada. É um cara por quem tenho um fanatismo grande, talvez pela relação com as faltas. É um ícone do futebol brasileiro, um cara único. Ele me respondeu do Japão. Então, eu me sinto com permissão de sentar nessa cadeira”, declarou Ceni, que assinou contrato até dezembro do ano que vem.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro aqui.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana