conecte-se conosco


Polícia

Associação criminosa que agia em assaltos a chácaras em Várzea Grande é presa pela Polícia Civil

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Três suspeitos de integrarem uma associação criminosa que agia com truculência em roubos na zona rural de Várzea Grande foram presos na quinta-feira (10) pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (DERF-VG).

As investigações, conduzidas pelo delegado Afonso Monteiro da Silva Junior, apontam que os detidos estão envolvidos em, pelo menos, dois roubos a chácaras. Eles atuavam com grave ameaça à integridade física das vítimas.

Ambos os assaltos ocorreram no mesmo dia, 08 de janeiro. O primeiro foi realizado na madrugada, por volta das 03h da manhã, o segundo roubo ocorreu por volta das 21h30, em uma chácara no assentamento Nossa Senhora Aparecida, também em Várzea Grande. Nas duas ações as vítimas foram agredidas fisicamente com coronhadas e socos e amarradas.

No primeiro roubo os criminosos subtraíram itens de valor na residência (eletrodomésticos, joias, e um veículo Saveiro). Na segunda ação dos bandidos foram levados dois veículos (um Corola e uma motocicleta XRE), além de joias e R$ 25 mil em espécie.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre 09 prisões de assaltantes que roubaram transportadora da Capital

Os trabalhos de investigação apontaram que os suspeitos Igor Silva Guimarães, 24, (conhecido como “Jangada”) Romário Silverio Lima, 29, e Fagner Castro Soares, 28, atuaram nos dois roubos. Contudo, “existe a suspeita que eles tenham atuado também em outros roubos na região, em razão do registro de assaltos em que os criminosos atuaram com o mesmo modus operandi e violência”, explica o delegado à frente das investigações.

Submetidos a atos de reconhecimento, os criminosos foram apontados por algumas das vítimas como os autores dos roubos. Os três detidos ostentam vasta ficha criminal em delitos patrimoniais.

Conduzidos à delegacia, após diligências ininterruptas desde a data do crime, os suspeitos foram flagranteados por roubo majorado (pelo concurso de pessoas, emprego de arma de fogo e restrição a liberdade das vítimas) e associação criminosa.

O trio foi encaminhado para audiência de custódia, com a representação pela conversão do flagrante em prisão preventiva, ficando à disposição do Judiciário.

A Derf de Várzea Grande continua com as investigações para identificar outras ações realizadas pelo grupo na região, e também para identificar e prender eventuais comparsas dos detidos.

Leia mais:  PJC de Porto Alegre do Norte e Confresa prendem traficantes com 18kg de maconha em rodoviária

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Adolescente autor de roubos em Várzea Grande é apreendido pela Polícia Civil

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Um adolescente, identificado como autor de diversos roubos,  foi apreendido pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande, na noite de quinta-feira (17).

O jovem C.S.S, 17, foi detido durante diligências que apuravam um roubo ocorrido na segunda-feira (14). Na ocasião, quatro criminosos invadiram um sítio (na região do “Engordador”) e, munidos de arma de fogo, renderam os moradores, vindo a subtrair do local joias, aparelhos de Tv, notebook, celular, entre outros objetos, totalizando um prejuízo estimado em R$ 40 mil.

As investigações apontaram que o crime foi cometido por uma associação criminosa armada, que age de modo reiterado, e atua com truculência com as vítimas, em roubos realizados no município de Várzea Grande.

As investigações prosseguem pela especializada no sentido de identificar e prender os comparsas do adolescente.

O adolescente foi apreendido no bairro Vila Arthur após diligências ininterruptas desde a comunicação do crime. No momento da abordagem policial, o suspeito empreendeu fuga, com a mão na cintura, demonstrando estar armado. Mesmo cercado, o menor continuou correndo, vindo a cair ao solo e machucando o rosto.

Leia mais:  Projetos sociais da PJC dão apoio a estudantes em Feira de Empreendedorismo

A equipe constatou que o menor portava um simulacro de arma de fogo, tipo pistola. Em sua residência foram apreendidas diversas porções de maconha, embaladas para a comercialização, além de balança de precisão e o valor de R$ 340 em dinheiro.

O menor foi levado para atendimento médico no Pronto Socorro de Várzea Grande, onde foi realizado corretivo na face. Em seguida, ele foi conduzido à Derf VG, e autuado em atos infracionais análogos aos crimes de roubo majorado em concurso de pessoas e com o emprego de arma de fogo, associação criminosa armada, tráfico de drogas, desobediência e resistência.

Além do roubo, pelo qual foi flagranteado, o adolescente infrator foi reconhecido como sendo um dos autores de uma tentativa de latrocínio, ocorrida no dia 29 de dezembro, quando 04 criminosos armados invadiram uma confraternização, renderam todos os presentes, e efetuaram um disparo de arma de fogo que atingiu de raspão a cabeça de um homem.

O adolescente também foi reconhecido como autor de um roubo majorado ocorrido a uma residência no bairro Jardim Paula I. Nessa oportunidade ele chegou a agredir fisicamente uma criança de cinco anos de idade.

Leia mais:  Operação Omega 2 prende oito ladrões de banco da cidade de Mirassol D’Oeste

As investigações visando desarticular essa associação criminosa armada prosseguem pela especializada. Também são realizados levantamentos para identificar outros roubos em que o menor possa ter participado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana