conecte-se conosco


Política

Assembleia aprova projeto de Max Russi que protege animais maltratados

Publicado

Max Russi reforçou compromisso com proteção aos animais

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

A Assembleia Legislativa aprovou, na sessão ordinária dessa quarta-feira (05),  o Projeto de Lei nº 252/2016 do deputado Max Russi (PSB), que propõe a proteção e destinação de animais resgatados, vítimas de abuso, maus-tratos, feridos ou mutilados. O PL recebeu aprovação no mês passado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Conforme o teor da lei, o objetivo é corrigir uma distorção na Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, que prevê, em seu  artigo 32, punições a quem pratica abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação de animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. A alegação é de que a legislação federal não assegura sobre o destino desse animal apreendido. “É algo que está visivelmente claro. Só em Cuiabá são mais de 11 mil animais abandonados nas ruas. Eles também merecem um tratamento humano e ético. ”, justificou.

Em relação aos animais silvestres, o deputado reforçou que a intenção é estabelecer a reintrodução, seja nos ambientes selvagens, naturais ou zoológicos. Se forem domésticos, poderão ser doados a entidades, cujo fim social seja a defesa e proteção e que tenham mais de um ano de constituição e funcionamento ou a particulares, obedecendo-se critérios da autoridade pública.

Leia mais:  Vereadores protocolam representação no TCE e exigem exoneração de diretor

Há dois dias, em sua rede social, o deputado Max Russi manifestou repúdio ao episódio da morte de um cachorro, que teria sido morto a pauladas e iteria sido envenenado por um segurança de uma rede de mercados de Osasco (SP). O caso gerou repercussão nacional e revolta nas redes. "Fica aqui o meu repúdio a esse tipo de atitude e que a justiça seja feita"..

No ano passado, a Assembleia Legislativa aprovou o Projeto de Lei nº 10.552/2017, sancionado pelo governador Pedro Taques, também de autoria do deputado Max Russi, que criou a Semana de Conscientização e Proteção dos Direitos dos Animais. O evento já faz parte do Calendário Oficial de Eventos do Estado.

"Essa é uma causa nobre, pois todos sabemos que os animais são seres que têm sentimentos e esses devem ser respeitados. Temos que ter essa consciência  e, no que depender de minha atuação, estarei sempre aberto a esse compromisso", assegurou.

 

 

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Política

Sala da Mulher entrega 2,5 toneladas de alimentos e mais de R$ 11,5 mil a entidades filantrópicas

Publicado

por

“Só temos a agradecer ao público do Teatro Zulmira Canavarros, aos produtores culturais e, principalmente, às entidades beneficentes que farão chegar às famílias necessitadas os alimentos que arrecadamos; somos todos ‘formiguinhas’ nesse trabalho de ramificação do bem”, emocionou-se a coordenadora da Sala da Mulher, Daniella Paula de Oliveira, que representou a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) na entrega de alimentos arrecadados por meio do “ingresso social” no espaço cultural da Casa. A entrega dos donativos aconteceu na tarde dessa sexta-feira (07/12), no ‘foyer’ do Teatro Zulmira Canavarros.

Divididas em cestas básicas, as 2,5 toneladas de alimentos foram destinadas à União Rondonopolitana de Associações de Moradores de Bairro (Uramb), à Associação de Mulheres Solidárias Joana D’Arc, à Associação Espírita Wantuil de Freitas, à Casa da União Santa Luzia, à Igreja Batista de Arenápolis e ao Sopão Solidário de Nossa Senhora do Livramento.

A Associação Espírita Wantuil de Freitas, que presta importante serviço comunitário em Cuiabá – na região do Grande CPA – recebeu 150 litros de leite, além de bolachas – para a merenda das crianças atendidas pela entidade.

Leia mais:  Empresas de telemarketing poderão pagar multa por ligações não autorizadas

“Agradecemos de coração”, externou o representante da entidade, Gilmar Lopes.

Cada uma das demais entidades beneficentes recebeu 50 cestas básicas. Tudo será destinado a famílias carentes, informaram Renan Santos – da Igreja Batista de Arenápolis -, Pedrosa Nunes – da Associação Joana D’Arc -, Nilza Sirqueira – da Uramb – e Auto Anunciação da Silva, do “Sopão de Livramento”.

Ao longo do ano, mais de 30 toneladas de alimentos foram arrecadadas e doadas por meio do trabalho realizado no Teatro Zulmira Canavarros e Sala da Mulher.

BAZAR SOLIDÁRIO

Na mesma ocasião, Rosa Zamignan – representante da Organização Nova Acrópole Cuiabá – recebeu pela entidade os recursos arrecadados no “Bazar Solidário” realizado na última quinta-feira (06/11) pela Sala da Mulher – soma que totalizou quase R$ 11,6 mil e será destinada à adequação do espaço físico.

A entidade é uma escola de filosofia, sem fins lucrativos, com o objetivo da “promoção da cultura, balizada pela formação humana”, conforme explica o diretor Roni Cezar Silva Almeida. A organização promove palestras e cursos, para que as pessoas “mudem o comportamento perante a vida, desenvolvam valores e a moral, de forma consciente”, acrescenta Zamignan.

Leia mais:  Assembleia entrega Certificado de Responsabilidade Social

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana