conecte-se conosco


Cidades

Articulação de João Batista resulta na criação da Polícia Penal em MT

Publicado

Projeto de Emenda Constitucional (PEC) nº 05/2020 que institui a Polícia Penal no Estado, de autoria do deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros), foi promulgado nesta sexta-feira (18). João Batista destacou que a promulgação é fruto de um trabalho árduo dentro do Parlamento, um marco histórico para a Segurança Pública.

“Hoje conseguimos legitimar uma ação que já perdura há anos dentro do Sistema Penitenciário, que é a aprovação da Polícia Penal. Com isso, garantimos as prerrogativas que todas as forças policiais têm, bem como, a aposentadoria especial, a manutenção do direito ao porte de arma, entre outros”, explicou.

Sobre a regulamentação, o deputado esclareceu que já existe uma tratativa junto ao Governo do Estado, a Secretaria de Segurança Pública e a Casa Civil. De acordo com Batista, outras etapas precisam ser debatidas, entre elas, o chamamento dos aprovados em concursos do Sispen, assim como a valorização salarial da categoria.

“Vamos acompanhar a regulamentação da categoria e participar de forma efetiva na elaboração das diretrizes que competem ao policial penal. Vale ressaltar que várias dificuldades ainda são enfrentadas pelos profissionais dentro das unidades. Precisamos melhorar as condições de trabalho e aumentar o efetivo”, enfatizou o deputado.

Leia mais:  Ato de Gisela e Abílio em defesa da mulher tem baixa adesão

O ato de assinatura do documento aconteceu no Colégio de Líderes da ALMT, e contou com a presença de representantes do Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sindspen), policiais penais e imprensa local.

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Lotação das UTIs de hospitais particulares chega a 86% em MT

Publicado

Os hospitais particulares de Mato Grosso também estão próximos de não terem mais vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para os pacientes com covid-19. A taxa de ocupação chegou a 86,5%, bem maior dos que os 70% de ocupação das UTIs públicas.

 

Em nota, o Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso (Sindessmat) afirmou que o número de pacientes internados em hospitais particulares por causa do novo coronavírus tem aumentado.

Em 8 de janeiro 80% dos leitos de UTI exclusivos para covid-19 estavam ocupados. Uma semana depois, em 15 de janeiro, essa taxa já era e 86,5%. Já a ocupação geral de leitos para covid-19 (enfermaria e UTI) está em 73%.

 

A situação é de alerta no estado, não só nos hospitais particulares como no Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, apesar das UTIs públicas estarem com 70% de ocupação, o momento é de preocupação, pois na primeira onda da pandemia em 15 dias a taxa de ocupação saiu de 70% para 100%.

Leia mais:  Vigilância sanitária realiza mais de 19 mil ações de fiscalização em 2018

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana