conecte-se conosco


Cidades

Arena passa por reformas a 27 dias da estreia do Brasileiro

Publicado

O governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Lazer (Secel-MT), realiza  melhorias  para a estreia do Cuiabá Esporte Clube no Campeonato Brasileiro da Serie A, a Arena Pantanal passa por reformas.

Após o acesso para a Série A, a revitalização no estádio busca receber de forma adequada as outras 19 equipes que disputam o campeonato e a imprensa. Mesmo na pandemia, com o público proibido de frequentar o estádio, a reforma também visa melhorar o ambiente para os torcedores poderem desfrutar do espaço futuramente.

Segundo o secretário-adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves, as intervenções se adequam às manutenções prediais regulares para atender todos os requisitos da competição nacional.

“São ações que precisavam ser feitas para manter o prédio em boa qualidade. E incrementamos também algumas áreas com foco nos jogos da Série A, como a adequação dos vestiários e salas de imprensa, além dos reparos necessários para obtenção dos alvarás de vigilância sanitária e de segurança contra incêndio e pânico”, explica o secretário.

60% da reforma na Arena já está concluida, já os vestiários, área de testagem para doping, arbitragem e de acesso dos atletas e comissão técnica, passam por uma reconstrução que contém troca de piso, forro, chuveiros e de ar-condicionado.

Leia mais:  Semob devolverá mais R$ 40 mil a ex-proprietários de veículos leiloados

Melhorias também serão feitas no setor de imprensa. Dentre as obras que já estão com 90% de andamento, contém a instalação de cabines de rádio, iluminação, pintura de salas e manutenção dos elevadores para acesso das equipes.

A renovação do alvará de segurança contra incêndio e pânico, que é emitido pelo Corpo de Bombeiros, prevê medidas para a proteção de todos os usuários do estádio. As providências incluem a substituição de luminárias de emergência e de mangueiras de hidrantes que já estejam vencidas, a sinalização de saídas de emergência e a manutenção sistema de detecção de fumaça.

Para o titular da Secel, Alberto Machado, a reforma irá assegurar que o estádio esteja prontamente preparado para  receber as partidas do Campeonato Brasileiro, ajudar fortalecer todo futebol mato-grossense, e oferecer um melhor espaço para uso da população cuiabana.

“Hoje a Arena Pantanal faz parte da vida do povo mato-grossense, por causa do futebol e por todos os usos que o espaço oferece, de prática esportiva ao combate à covid-19. Com essa grandiosa reforma, esperamos potencializar o papel de nosso estádio, dando condições para motivar também outros clubes de futebol de Mato Grosso, e claro, trazer ainda mais motivos de orgulho para todos nós”, destaca o secretário.

Leia mais:  Empresas elevam preços de insumos e medicamentos em até 6000%

História

A arena faz parte de um dos 12 estádios construídos ou reformados no Brasil para a Copa do Mundo de 2014, e completou sete anos no último dia 2 de abril. 2021 é um ano especial para os mato-grossenses, pois será a primeira vez que o estádio irá receber jogos da primeira divisão, isso graças a classificação do Cuiabá na última temporada.

Além de acolher partidas, a arena  também abriga o Centro de Triagem Covid-19, grande responsável pela testagem e tratamento precoce da população no combate à pandemia. Mais de 140 mil pessoas da capital mato-grossense já receberam amplo atendimento, com diagnóstico, consulta médica, exame de tomografia e medicamentos, quando necessário.

A obra ainda abriga a Escola Arena (Escola Estadual Governador José Fragelli, para cerca de 400 alunos do 7º ano Fundamental até o 1º ano Médio).

O representante mato-grossense, Cuiabá Esporte Clube estreia contra o também recém-promovido à elite do futebol, Juventude, no dia 30 de maio, na Arena Pantanal.

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prioridade a diabéticos em rede de saúde vira lei em MT

Publicado

Os hospitais públicos e particulares de Mato Grosso deverão oferecer prioridade aos portadores de diabetes dos tipos 1 e 2 em caso de atendimento para a realização de exames que sejam realizados em jejum total e parcial.

A prioridade no atendimento deverá ser equiparada a de idosos, deficientes e gestantes.

Esse benefício será ofertado graças à sanção do governador Mauro Mendes (DEM) a uma lei de autoria do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), apresentada em conjunto com os deputados Dr. João (MDB), Dr. Gimenez (PV), Dr. Eugênio (PSB), Lúdio Cabral (PT) e Paulo Araújo (PP).

A sanção da Lei nº 11.350 foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) que circulou na sexta-feira (30).

O usuário dos serviços de saúde deverá comprovar o diagnóstico de diabetes mediante apresentação de laudo médico que ateste a patologia. Os estabelecimentos de saúde ainda são obrigados a afixar o interior da lei em local visível ao público.

Comentários Facebook
Leia mais:  Exposição de fotografias contará a história da Cuiabá dos 300 anos
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana