conecte-se conosco


Esportes

Após escapar do rebaixamento, Marcão vive clima de indefinição no Flu

Publicado

source

A torcida do Fluminense compareceu em peso na última partida do time no Maracanã no ano de 2019. Quase 40 mil torcedores esperavam a vitória tricolor sobre o Fortaleza para deixar o time praticamente garantido na Sul-Americana. Mas a equipe de Marcão começou o jogo demonstrando uma certa apatia e só acordou no fim do confronto, tarde  demais para fazer o gol. No fim, o empate em 0 a 0 deixou o Fluminense na 14ª posição do Campeonato Brasileiro, com 43 pontos, ultrapassando o Botafogo (15º).

Com isso, o Tricolor segue firme na luta por uma vaga na Sul-Americana, dependendo apenas de si para disputar a competição internacional. O próximo compromisso é contra o Corinthians, domingo (8), às 16h, na Arena Corinthians. Para quem lutava contra o rebaixamento até a rodada anterior, cogitar uma vaga na Sul-Americana é pra ser comemorado? Quem responde é o técnico Marcão.

“O Fluminense é muito grande. Se eu sentar aqui e falar que estou satisfeito por tudo o que a gente passou, eu vou estar mentindo. Fluminense é para estar brigando por vaga na Libertadores, é um clube que o torcedor coloca 40 mil em um jogo às 21h30. É lógico que tem uma sensação de alívio por não estar disputando nas últimas rodadas contra o descenso. Os jogadores e o clube passaram por um ano muito difícil, de troca de gestão, muitas coisas acontecendo internamente. Tudo o que eles fizeram a gente aproveita para enaltecer e engrandecer a todos que participaram deste momento muito difícil.”

Ouça na Rádio Nacional
Leia mais:  Prefeitura e estado confiam na permanência do GP de Fórmula 1 em São Paulo

Marcão assumiu o Fluminense depois de campanhas ruins do time com Fernando Diniz e Oswaldo de Oliveira no comando. Apesar de ajudar a salvar o tricolor da degola, o técnico ainda não sabe qual será o seu futuro.

“Hoje eu sou o técnico do Fluminense, mas a gente está em uma competição muito importante. É lógico que a gente estava lutando contra outras grandes equipes para sair do rebaixamento, mas ainda tem um objetivo a conquistar. Depois que acabar tudo isso, a gente senta com o presidente e vê a melhor a situação para todos. Pra mim, para o clube e para a instituição. Desde o momento que a gente sentou aqui foi para se colocar à disposição, de sempre ajudar o Fluminense, essa foi a minha posição desde o momento que entrei no clube.”

O Fluminense terá dois desfalques certos para a partida contra o Corinthians. Yony González recebeu o terceiro cartão amarelo e Dodi foi expulso contra o Fortaleza. Paulo Henrique Ganso deve seguir fora do time devido a uma lesão na coxa esquerda.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Helicóptero que caiu com Bryant tinha nove pessoas a bordo

Publicado

por

source

Em entrevista coletiva realizada pela polícia de Calabasas, na Califórnia, as autoridades afirmaram que havia nove pessoas a bordo do helicóptero que caiu hoje (26), matando o ex-jogador de basquete Kobe Bryant. As informações anteriores eram de que cinco pessoas haviam morrido. De acordo com afirmação atualizada da polícia, a aeronave levava oito pessoas e o piloto.

O acidente ocorreu às 9h47 da manhã no horário local (14h47 no horário de Brasília). Com a queda, o helicóptero pegou fogo e as chamas foram apagadas com dificuldade pelos bombeiros da cidade. Segundo a polícia, as investigações sobre as causas do acidente estão em andamento.

Filha também morre no acidente

A imprensa norte-americana também confirmou que uma das filhas do ex-jogador, Gianna, de 13 anos, também estava no helicóptero. O comissário da NBA, Adam Silver, publicou uma declaração lamentando a morte de Bryant. “A família NBA está devastada pela morte trágica de Kobe Bryant e sua filha, Gianna”, disse Silver, em nota publicada no Twitter. Os outros passageiros da aeronave ainda não foram identificados, e os legistas afirmam que a identidade deles será revelada após testes de DNA.

Nota da NBA lamenta a morte do ídolo das quadras de basquete americano

“Mas ele será mais lembrado por inspirar pessoas em todo o mundo a pegar uma bola de basquete e competir no melhor de sua habilidade”, acrescentou Silver em outro trecho da nota. Vários atletas de diferentes esportes já prestam homenagens a Bryant nas redes sociais. Ele é um dos grandes nomes da história da NBA, com cinco títulos conquistados e 33.643 pontos marcados, a quarta maior marca da liga.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Leia mais:  Chile tem gols anulados pelo VAR, mas bate a Colômbia nos pênaltis e vai à semi
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana