conecte-se conosco


Entretenimento

Anitta dobra aposta no mercado internacional e alinha novas parcerias

Publicado

Entre os altos e baixos de sua carreira, Anitta, a menina que saiu das favelas, vem diariamente dedicando uma força tarefa a sua projeção internacional que, apesar de ter contemplado dias mais tímidos, atualmente se vê com alguma penetração em território não só Latino, mas também norte-americano

Leia também: Após aderir ato contra Bolsonaro na web, Anitta cancela lançamento de clipe


Anitta flerta com possibilidades promissoras para sua carreira e o mercado fonográfico
Divulgação

Anitta flerta com possibilidades promissoras para sua carreira e o mercado fonográfico

No último domingo (28), por exemplo, Anitta
colocou seu rebolado e voz nos palcos de Miami, na Flórida. Na mesma semana, a artista se destacou ao performar sua última canção, Medicina
, no Latin American Music Awards 2018, que aconteceu no Dolby Theatre, em Hollywood, também nos Estados Unidos.

Leia também: Internet para com foto de Anitta de lingerie e cantora é elogiada

Entre um procedimento estético aqui, outro preenchimento acolá, a cantora
foi reinventando sua imagem, e deixando cada vez mais de ser Larissa, no cenário musical
. Vinda originalmente do funk, ela demonstrou sagacidade para explorar outros ritmos e fazer disso uma estratégia de marketing. Se engajando no reggaeton e no R&B, ela conquistou uma cadeira no “La Voz”, versão mexicana do “The Voice”, como técnica.

Nova projeção de Anitta


Anitta conversando com produtores, incluindo o DJ Khaled
Divulgação

Anitta conversando com produtores, incluindo o DJ Khaled

Depois da bem-sucedida e premiada parceria com J Balvin, a brasileira inicia nova fase de prospecção no mercado internacional e o alvo desse novo feat, palavra em inglês para parceria, é o DJ Khaled, responsável por músicas como Wild Thoughts
(feat. Rihanna & Bryson Tiller) e No Brainer
com Justin Bieber, Chance The Rapper e Quavo.

Leia mais:  Marília Mendonça dá à luz Leo, seu primeiro filho: “Ele é lindo”

Sentiu a pressão?


Anitta se apresentando em Miami, nos Estados Unidos
Divulgação

Anitta se apresentando em Miami, nos Estados Unidos

A parceria com o DJ e produtor musical, se realizada, marcará não apenas um novo patamar na carreira da artista, mas também dá vazão para uma ligação Brasil-Estados Unidos que não é vista há tempos. Um tipo de globalização que a colombiana Shakira alcançou com o mercado fonográfico e que poucos artistas latinos já usufruíram. (continua).

Corações a postos? Ed Sheeran vem ao Brasil!


Ed Sheeran vem ao Brasil
Divulgação

Ed Sheeran vem ao Brasil

Praticamente idolatrado por seus versos românticos, o ruivo do momento já tem data marcada para soltar o gogó em solo brasileiro. Conhecido por canções como Perfect e Shape of You
, a vinda ao país tem como objetivo divulgar seu álbum “Divide”.  A promessa é que o cantor lote o Allianz Parque, em São Paulo, no dia 14 de fevereiro, e a Arena Grêmio, em Porto Alegre, no dia 17 de fevereiro. Com ingressos salgados que vão de R$ 115 a R$ 650, a notícia aguçou os admiradores nas redes sociais. 

Nova opção de cultura em São Paulo


Pátio Metro São Bento
Divulgação

Pátio Metro São Bento

Desde 2017, vários polos culturais foram criados próximos ao centro de São Paulo, buscando incentivar a cultura na região. Seguindo a linha desses polos, foi inaugurado recentemente o open mall Pátio Metrô São Bento. O empreendimento, é um espaço cercado de pontos históricos que tem como vocação principal abrigar espetáculos e manifestações artísticas.

Leia mais:  Dona da tarde! Iza lota palco e faz estreia digna de headliner no Lollapalooza

O empreendimento, além das facilidades de lojas e serviços, e uma ampla variedade de gastronomia, conjugando as marcas mais renomadas do mercado, fica ao ar livre, em uma ambiente agradável e seguro, cercado de pontos históricos como o Teatro Municipal, Pátio do Colégio, Viaduto Santa Efigênia, o que contribui para sua vocação de implementar a cultura na cidade de São Paulo.

Criatividade à flor da pele


Foto da Maker Faire em Nova York
Divulgação

Foto da Maker Faire em Nova York

O Rio de Janeiro abrigará no início de novembro, mais especificamente neste sábado (03) e domingo (4), a Maker Faire, maior feira de invenções do mundo. Com uma programação cheia de exposições de engenhocas, workshops e palestras, o evento espera  receber um alto número de visitantes.

Com mais de 100 inventores por dia, a feira acontece na Zona Sul e terá entrada gratuita. Os interessados devem ser informar sobre o evento no site oficial. 

Por que ter um? Anitta pode ter todos!


Anitta na cadeira do
Divulgação

Anitta na cadeira do “La Voz”

Leia também: Anitta desabafa após reação dos fãs: “Respeitem o próximo e suas decisões”

Ainda em conversas, a colaboração com o DJ Khaled não é algo certo para Anitta
. Com senso de gestão, a artista vem sondando outras possiblidades de cavar seu lugar ao sol nas paradas universais. Recentemente, a cantora teve um encontro com a cubana-americana Camila Cabello, especulações de que uma possível parceria estaria à vista regaram a internet. Além disso, a intérprete de Vai Malandra
mantém contato próximo com Maitê Perroni (ex-RBD) e Lele Pons, apresentadora que acaba de adentrar ao competitivo mercado da música. Independente de onde o tiro da brasileira acertar, o resultado promete ser promissor.

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Monja Coen diz que o autoconhecimento pode ser antídoto para pandemia

Publicado

por

O programa Impressões, da TV Brasil, convidou a Monja Coen, fundadora da Comunidade Zen Budista Zendo Brasil, para falar sobre as aflições típicas dos tempos de pandemia e apontar caminhos para se buscar o equilíbrio neste momento.

Mestra dos ensinamentos de Buda e autora de diversos livros, ela recomenda a meditação, que começa pela respiração consciente. Coen admite: “Quando comecei a meditar era muito difícil. Colocava um reloginho à minha frente e cinco minutos pareciam uma eternidade. Era um horror”. Durante a entrevista, a monja ensina algumas técnicas que podem ajudar os iniciantes na prática, que garante trazer alívio para incômodos emocionais comuns neste período, como ansiedade, medo e raiva.

“Você perceber o que está acontecendo com você é a única maneira de você ter algum controle. E não é controlar as emoções. É percebê-las e deixar que passem. Quando a gente fala de budismo, a gente fala de autoconhecimento e autoconhecimento é libertação”, afirma a religiosa.

Este não é um momento para acerto de contas emocionais, nem para remoer os rancores, segundo a monja, mas de considerar tudo o que foi vivido como uma bagagem extra para encarar o presente com plenitude.

“O que passou serviu como uma experiência para o que estamos passando agora, e o que vai chegar, ainda não chegou. Estar presente no momento e ver com plenitude o agora é a única maneira de atravessarmos (esta fase). Só tem uma maneira: atravessar com presença pura. Nós dizemos, no budismo, que presença pura é sabedoria”, ensina Coen.

A missionária zen-budista declara respeito a outras religiões e reconhece que, qualquer que seja o caminho escolhido, exige determinação.

“A mente é incessante e luminosa. Ela não para. Tem inúmeros estímulos. Você pode perceber esses estímulos todos e escolher o que você quer estimular. Como você escolhe que programa você assiste, que livro você lê, como você escolhe seus amigos e como você conversa com essas pessoas e quais são os assuntos. Através das nossas escolhas, nós vamos encontrando estados mentais. E podemos encontrar estados mentais de tranquilidade que a gente chama de estado Buda, de sabedoria e compaixão, onde há tranquilidade, assertividade e ternura”, afirma.

A monja explica que o estado mental tem relação com a imunidade. Manter aceso o olhar curioso da criança, de ver o mundo de uma forma inédita e se apaixonar pelos pequenos detalhes, pode ser um hábito poderoso. “A imunidade depende do nosso estado de tranquilidade. Não só, mas muito. Quando o coração fica quentinho, quando é gostoso. A gente tem que encontrar alguma coisa na vida que sinta prazer em ver”, acrescenta.

Leia mais:  Marília Mendonça dá à luz Leo, seu primeiro filho: “Ele é lindo”

Quanto aos questionamentos com os quais muitas pessoas se deparam na atual situação, a monja é assertiva: “Pare de se lastimar e falar ‘queria poder abraçar’. Tem que ser bom agora. Onde você está é o melhor lugar do mundo, porque sua vida está aqui. Aprecie a sua vida. Aprecie as pessoas perto de você”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana