conecte-se conosco


Política

Ambulatório Médico do Legislativo da início as atividades 2019

Publicado

p class”msonormal””””””” style”text-align:”” justify””” style”text-align: justify”>Com a reativação do atendimento fisioterápico, alguns critérios para a efetivação dos serviços foram adotados pela nova gestão do Legislativo, conforme explicam os profissionais lotados no setor


Os servidores efetivos e comissionados da Câmara Municipal agora têm mais serviços de Saúde à sua disposição: foram reativados 100% os setores de odontologia e fisioterapia, após a instalação dos equipamentos adquiridos na gestão anterior. A fisioterapeuta Nayara Carvalho e o odontólogo Ericson Janólio Camargo já estão a postos para agendar os procedimentos, informou a técnica legislativa Karina Peno, lotada no Núcleo Assistencial e Ambulatório Médico.

Atuam no ambulatório nove funcionários (médico, odontólogo, fisioterapeuta, técnicos legislativos, analista/auxiliar e enfermeira). “Alguns estão de férias. Mas, independente disso, estamos funcionando normalmente”, informou Karina. “Mas é prioritário que o agendamento das consultas seja feito de forma presencial, não por telefone”.

O atendimento fisioterápico do setor se resumia a orientações e encaminhamentos, disse. “Depois que todos os equipamentos foram instalados, hoje podemos realizar uma série de serviços de fisioterapia. As atividades foram normalizadas 100% neste mês. Acreditamos que a procura por atendimento odontológico e fisioterápico será ainda mais intensiva após o recesso parlamentar, quando todos os servidores retornam à ativa”.

Ela salientou que a odontologia sempre funcionou no ambulatório, registrando-se interrupções eventuais por causa de falta de produtos. Apenas foi desativada de vez numa antiga gestão, mas logo retomou sua normalidade de serviços. “Atualmente são completos pelo suprimento de produtos utilizados no atendimento”, disse Karina. O material adquirido pela odontologia deve durar pelo menos seis meses – calcula.

Procedimentos – Reativado os serviços odontológicos, o servidor do Legislativo passa por triagem mensal. O único diferencial desse atendimento é que ele é extensivo exclusivamente aos servidores e vereadores, não aos seus dependentes diretos (familiares). Já os demais serviços ofertados pelo ambulatório, incluindo fisioterapia e atendimento médico, beneficiam também aos parentes em 1º grau dos servidores efetivos e comissionados.

O ambulatório ainda auxilia nas campanhas de vacinação, e disponibiliza suas instalações para que os servidores sejam imunizados pelos agentes da Secretaria de Saúde do município. “Isso acontece somente após emitirmos solicitação oficial à Saúde e quando existe excedente de vacinas. É uma parceria constante. Em 2018, por exemplo, o ambulatório recebeu vacinas contra Hepatite B, Tétano, Febre Amarela e Gripe” – acentua Karina.

Outra atividade desempenhada pelos servidores do ambulatório é no tocante ao acompanhamento das licenças médicas junto ao Instituto Previdenciário do município, o Cuiabá Prev. “Realizamos, agendamos e acompanhamos o prazo de afastamento das licenças concedidas pela Junta Médica do município”.


Maiores informações: (65) 3617.1518


João Carlos de Queiroz




Leia mais:  Vereadores solicitam apoio do deputado João Batista (Pros) para várias demandas em Sapezal

Imprimir Voltar Compartilhar:  

http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-285728.jpg

Comentários Facebook
publicidade

Política

Secretário de Fazenda é chamado à ALMT para explicar empréstimo de 250 milhões de dólares

Publicado

por

Deputado Lúdio Cabral apresentou Requerimento convocando Rogério Gallo para explicar, entre outras coisas, quais são as exigências do Banco Mundial e os impactos nas finanças de Mato Grosso.

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) apresentou um Requerimento convocando o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, para esclarecer detalhes sobre o empréstimo de US$ 250 milhões que o governo de Mato Grosso pretende contrair junto ao Banco Mundial. O parlamentar quer explicações sobre as exigências feitas pelo Banco Mundial e sobre as vantagens e desvantagens da negociação. Para que o empréstimo seja feito, ele precisa ser aprovado pela Assembleia Legislativa.

“Podem ser exigências pesadas que comprometam a qualidade do serviço público. Temos que falar com o secretário aqui, para ele explicar esse empréstimo, para tomarmos uma decisão consistente em plenário”, defende Lúdio.

O governador Mauro Mendes (DEM) informou que tem intenção de usar o novo empréstimo para quitar a dívida atual com o Bank of America, que tem parcelas a serem pagas até 2022. O novo empréstimo seria pago em 20 anos.

Leia mais:  João Batista apresenta requerimento em defesa dos serviços públicos

“É uma dívida dolarizada, com juros que caem de 5% para 3%, mas se estende por cinco governos, enquanto a dívida atual teria que ser paga até o final do governo Mauro Mendes. O governador contraria o discurso que ele fez contra o governador anterior, de transferir para os próximos governos responsabilidades suas”, disse Lúdio.

“Quando esse empréstimo foi feito no Bank of America, em tese era vantajoso, porque o dólar estava baixo. Daqui a 20 anos, como estará a situação do dólar no mundo, para que o novo empréstimo seja vantajoso?”, questionou o deputado.

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Dilmar Dal’Bosco (DEM), deputado agendou para a próxima terça-feira (26) a participação do secretário Rogério Gallo no colégio de líderes, para que ele explique aos deputados, a portas fechadas, os detalhes do empréstimo. A intenção de Lúdio era ouvir as explicações do secretário em plenário, para que fosse aberto ao público e à imprensa e transmitida pelo rádio e pela TV Assembleia.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana