conecte-se conosco


Cidades

Alunos da rede pública participam de plantio de mudas do projeto Verde Novo

Publicado

Jorge Pinho

Alunos de duas unidades da rede pública municipal de Educação participaram no último final de semana de uma programação especial. Na sexta-feira (10), os alunos da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Fábio Firmino Leite, do bairro Doutor Fábio II, plantaram mudas de árvores na parte interna e externa da escola e no sábado (11) foi a vez dos alunos do CMEI Marília Inês Pedrollo Salomoni.

A ação foi realizada por meio de uma parceria entre  através do Projeto Verde Novo, que é desenvolvido pelo o Poder Judiciário de Mato Grosso, por meio do Juizado Volante Ambiente (Juvam), Prefeitura de Cuiabá, Instituto Ação Verde e o Grupo Petrópolis, responsável pela doação das mudas de árvores nativas e frutíferas. O intuito é levar à toda comunidade a conscientização da arborização urbana na cidade de Cuiabá.

Na sexta-feira foram plantadas 24 mudas e distribuídas outras 200 para os alunos, professores, pais dos alunos e comunidade. Durante a programação, as crianças assistiram palestras de educação ambiental promovidas pelas engenheiras florestais do Juvam e participaram do jogo Rebojando junto com o palhaço Lelé Picolé Curimpampam, interpretado pelo sargento da PM Ambiental Marcelo Campos (Juvam). Eles aprenderam brincando com um tabuleiro de lona, com um percurso, onde as crianças precisam responder corretamente as questões sobre o meio ambiente para avançar. Depois das brincadeiras, os alunos realizaram o plantio das mudas.

Leia mais:  Servidores se mobilizam pelo 2º ano para incentivar arrecadação do Natal Sem Fome

A Engenheira Florestal da Juvam, Rosiani Carnaíba, disse que o projeto já foi desenvolvido em várias escolas municipais e foram distribuídas mais de 36 mil mudas de árvores. “Nós começamos com esse projeto para levar o conhecimento sobre a importância da arborização e seus benefícios, fazendo com que os alunos tenham mais iniciativa de plantar e cuidar das árvores e, porque é muito mais fácil você conseguir conscientizar uma criança hoje do que um adulto. Então, estamos indo nas escolas municipais com palestras de educação ambiental e o plantio dentro e/ou fora das escolas, onde tiver espaço ou áreas verdes, para sombrear ou até mesmo para a criação de um pomar”, explicoua Rosiani.

A Prefeitura de Cuiabá colabora com substratos para as mudas e também oferta espaços para o plantio. As mudas são doadas de acordo com o decreto nº 5.144, de 15 de fevereiro de 2012, que especifica quais as espécies são adequadas para plantar no município.

Para a coordenadora da escola Rubinete Augusta, o projeto agrega  conhecimento. “Nós trabalhamos em sala de aula com as crianças com um projeto sobre sustentabilidade e o Verde Novo veio para reforçar a importância de cuidar do meio ambiente, das árvores e das nossas águas, principalmente”.

Leia mais:  Lançamento do Réveillon dos 300 Anos é adiado

A ação contou com a ajuda voluntária do professor de Geografia Adeneval da Silva Teodoro, que desenvolve o projeto. “As crianças são o nosso futuro – Conscientizar é o caminho” que ensina os alunos a diminuir os impactos ambientais. “Se ensinarmos as nossas crianças a preservar o meio ambiente, eles crescerão conservando a nossa flora e fauna. E hoje, com a parceria do Verde Novo, vamos levar à toda comunidade uma oportunidade transformar o bairro em um espaço melhor, doando as mudas de árvores para serem plantadas e assim contribuir  com a preservação do meio ambiente”, declarou Adeneval.

No sábado foi realizado o plantio de 500 novas árvores frutíferas e nativas em torno do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Marília Inês Pedrollo Salomoni, no Residencial Santa Terezinha. Lá foram distribuídas 500 mudas para a comunidade. A ação contou com o apoio dos voluntários do sorvete social.

No período da tarde, houve uma conscientização ambiental para os moradores do bairro e programação especial para as crianças com brincadeiras feitas pelo palhaço Lelé Picolé Curimpampam e distribuição de sorvetes, açaí e guloseimas.

(Estagiária Emilly Rodrigues com supervisão da jornalista Maria Barbant)

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Cursos resgatam sonhos de mulheres de baixa renda em Cuiabá

Publicado

por

José Ferreira

Uma turma formada por 17 mulheres do bairro Jardim União em Cuiabá teve a oportunidade de mudar de vida e ter novas perspectivas com o curso de depilação do Programa Qualifica 300 – Edição Especial Mulher.

Com aulas de segunda a sexta-feira, intercaladas entre aulas teóricas e práticas, as alunas aprenderam desde comportamento, ética e relacionamento interpessoal como as técnicas de trabalho e alguns princípios que devem ser seguidos para se tornarem profissionais capacitados em uma das áreas mais antigas da beleza. A exigência por esses profissionais treinados para o mercado de trabalho cresce constantemente.

A aluna Jaqueline da Silva sabe dessa necessidade e tinha como um sonho de consumo fazer o curso, no entanto não tinha condições de arcar financeiramente, pois tem dois filhos e está desempregada. “Adorei o curso, cada informação repassada pela professora, anotei tudo para gravar e colocar em prática depois. Pois, na depilação, se uma vez que puxar errado vai machucar a cliente causando hematomas, e isso não é legal e nem profissional”, comentou.

Leia mais:  Lançamento do Réveillon dos 300 Anos é adiado

Josefina Assunção é a instrutora do Senac faz questão de enfatizar que as alunas tem que ter em mente que o profissional depilador é aquele que trata exclusivamente de retirar os pelos indesejáveis. “Por se tratar de um serviço prestado de pessoa para pessoa, as questões éticas e de relacionamento são de grande importância. Este profissional deve estar sempre atento às novas técnicas desenvolvidas, e ao lançamento de novos produtos, realizando uma análise crítica, renovando o seu conhecimento e sua experiência sempre”, assegurou Josefina.
Por estarem sempre em contato com outras pessoas, alguns princípios devem ser seguidos, explicou a instrutora. Em primeiro lugar, a higiene pessoal e do próprio ambiente deve ser observada com rigor. Os cabelos devem estar limpos, as unhas curtas e limpas, sempre usar o protetor de boca descartável, a vestimenta deve ser de preferência branca. Não se deve fumar durante o trabalho nem atender um cliente mascando chicletes. “Se colocarem em prática os ensinamentos vão conseguir alcançar o lucro almejado e irão evitar o desperdício. Aliás, exagero nunca é bom, não é a quantidade da cera, na verdade prejudica a depilação, além de quebrar o pelo e não ter como resultado uma depilação perfeita”, reforçou.

Leia mais:  SUGESTÃO DE PAUTA: Prefeitura lança Primeiro Festival da Juventude nesta quarta-feira (10)

Alciangra Rodrigues dos Santos, 24 anos, levou seu filho de 03 anos para poder participar das aulas. “Já procurei oportunidade de emprego e não consegui. Esse curso oferecido pela Prefeitura de Cuiabá veio em ótima hora. E ainda vou conseguir agregar as duas coisas, o trabalho, pois posso atender em casa e cuidar do meu filho. Estou muito feliz por saber que vou conseguir meu salário”, comentou.

A 2ª Edição do Programa Qualifica 300 foi lançada recentemente com 3 mil vagas de cursos profissionalizantes.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana