conecte-se conosco


Tecnologia

Adeus, vício: 7 ferramentas para controlar o tempo de uso do celular

Publicado

Saber o seu tempo de uso do celular pode ser o primeiro passo para pegar mais leve no uso das redes sociais, jogos e aplicativos de streaming. E o que já foi uma tarefa árdua está cada vez mais fácil de ser cumprida, graças a aplicativos específicos e aos próprios sistemas operacionais dos smartphones.

Leia também: Quais fotos a galera não aguenta mais ver no Instagram?

homem no celular arrow-options
shutterstock

Controlar o tempo de uso do celular é uma tarefa árdua, mas algumas ferramentas podem ser suas aliadas na jornada

Serviços como Facebook, Instagram e YouTube já fazem parte de uma lista em expansão de aplicativos que permitem aos usuários controlarem seu tempo de uso do celular , mesmo que parcialmente. 

Por que controlar o tempo de uso do celular?

celular arrow-options
shutterstock

Controlar quanto tempo gasta nas redes sociais e dispositivos móveis é uma forma de adotar hábitos mais saudáveis

O principal objetivo dessas ferramentas cada vez mais comuns é ajudar o usuário a ter um panorama de quanto tempo ele passa com a tela do seu smartphone ligado, seja mexendo nas redes sociais ou se divertindo nos jogos mobile.

Assim, fica mais fácil prevenir e/ou combater um eventual vício em celular , um problema cada vez mais comum – no Brasil, por exemplo, 52% da população admitiu que não consegue ficar um dia sem mexer no celular .

Se você estiver disposto a mudar esse cenário, então chegou a hora de conhecer um pouco mais sobre sete das várias ferramentas para controlar o tempo de uso do celular que existem hoje em dia.

Leia mais:  4 situações em que você pode ter sua conta do Twitter bloqueada ou suspensa

1. “Bem-estar digital” – Android 9

O Android 9, versão mais recente do sistema operacional do Google, tem uma ferramenta própria para te ajudar a monitorar o uso do seu smartphone, o “bem-estar digital”.

Em “Configurações”, procure pela aba “Bem-estar digital”. Ao clicar nela, você verá um painel de controle dizendo quanto tempo a tela do celular passou ligada no dia, e qual o aplicativo mais utilizado no período.

Também é possível ajustar um temporizador para limitar seu tempo nos aplicativos que quiser, ou então estabelecer um período de descanso para você relaxar antes de dormir sem receber notificações.

2. “Seu tempo no Facebook” – Facebook

Para ajudar a combater o vício em celular, o Facebook embutiu um painel de controle próprio no seu aplicativo, que informa aos usuários quanto tempo eles passam por dia, em média, na rede social. Para acessá-lo, basta ir em na aba que se parece com três linhas e procurar o botão “Configurações & Privacidade”. Em seguida, clique em “Seu tempo no Facebook”.

3. Forest

O Forest é um aplicativo que propõe superar o vício em celular. Sempre que quiser focar em alguma tarefa sem mexer no celular, o app exige que você plante uma árvore virtual. Quanto mais tempo focado você passar, mais a planta crescerá. O app está disponível de graça tanto para Android como para iOS.

4. “Minha Atividade” – Instagram

Assim como o Facebook, o Instagram disponibiliza aos usuários de suas versões mais recentes o tempo diário médio que cada um passa usando o aplicativo. Na página do seu perfil, clique no ícone em forma de três linhas e procure pela aba “Minha Atividade”. Lá, você também poderá ativar um temporizador para controlar o uso da rede social.

Leia mais:  Fãs de tubarões brancos criam app para localizar os predadores em tempo real

5. “Tempo de Uso” –  iOS 12

Desde a implementação do iOS 12, a Apple deu aos usuários a opção de controlar e monitorar seu tempo de uso do celular. A ferramenta funciona de forma bastante semelhante à do Android 9, e pode ser acessada em “Ajustes” > “Tempo de Uso”.

6. Moment

Disponível tanto para iOS como para Android, o Moment é um aplicativo semelhante ao Forest. Além de te passar um relatório com seu tempo de atividade e disponibilizar formas de reduzir esse tempo, o Moment também permite que você crie metas para superar seu vício em celular.

7. “Tempo assistido” – YouTube

Um dos principais aplicativos do Google, o YouTube também tem seu próprio painel de controle para quem está tentando deixar a tela do celular um pouco de lado. Basta clicar no ícone da sua conta no aplicativo e selecionar o item “Tempo assistido”.

Você encontrará estatísticas para o dia atual, o dia anterior e a semana anterior, além da sua média diária. Também é possível desligar uma série de ferramentas do aplicativo para ajudar a reduzir o uso.

Leia também: Roteadores Wi-Fi: como configurar para garantir a segurança da rede

Pode demorar, mas diminuir o tempo de uso do celular com a ajuda dessas ferramentas é mais fácil do que tentar sozinho – e você pode, inclusive, descobrir outros apps ainda mais eficientes no meio do caminho.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Novos produtos da Huawei vazam antes de serem apresentados; confira

Publicado

por

source

Olhar Digital

huawei arrow-options
shutterstock

Confira os novos produtos da Huawei.


A Huawei realizará amanhã (19) um evento em Berlim para apresentar vários novos produtos, mas não precisamos esperar até lá para conhecê-los. Todos os produtos que serão anunciados vazaram , cortesia do site Android Headlines, um dia antes do lançamento.

A estrela do evento serão, sem dúvida, os novos smartphones da família Mate , o Mate 30 e Mate 30 Pro. Este terá um novo tipo de tela, apelidado de “cascata”, que se curva e cobre as laterais do smartphone, resultando em bordas muito finas. Com tecnologia OLED , ela tem 6,7” e um notch considerável no topo, que abriga um conjunto de sensores para um novo sistema de reconhecimento facial desenvolvido pela Huawei .

Leia também: Huawei anuncia demissão em massa em escritório nos EUA

O aparelho terá sete câmeras : quatro atrás, arranjadas dentro de um círculo (que lembra o Nokia Lumia 920), e três na frente. Duas das câmeras traseiras (wide e ultrawide) terão sensores de 40 MP. Uma terceira (com zoom óptico de 3x) tem sensor de 8 MP e a quarta câmera é um sensor ToF para detecção de profundidade.

Leia mais:  Dia do Orgulho Geek: 7 apps e gadgets que todo geek deveria ter

O Mate 30 Pro será compatível com 5G e baseado no processador Kirin 990, que tem um modem 5G integrado. Quanto à memória, haverá versões com 6 GB de RAM e 128 GB de memória interna e 8 GB de RAM e 256 ou 512 GB de memória interna.

Leia também: Huawei busca expandir tecnologia 5G, mas diz que Brasil está atrasado

Smartwatches e Smartbands

A Huawei também irá apostar nos smartwatches . Serão apresentados 4 modelos do Huawei Watch GT2, dois com caixa de 42 mm e tela AMOLED circular de 1.2 polegadas e dois com caixa de 46 mm (como o modelo atual), com tela AMOLED também circular de 1,39 polegadas.

De acordo com os rumores, o modelo menor (42 mm) não tem microfone, o que indica que também não tem suporte a LTE para conexões de dados ou chamadas telefônicas. Ambos os modelos serão baseados em um processador da própria Huawei , o A1. Os relógios tem certificação de resistência a àgua a uma profundidade de até 50 metros. Assim como no Watch GT original, os novos smartwatches devem rodar um sistema operacional próprio, e não o Wear OS da Google.

Leia mais:  Instagram sem likes: aspirantes na rede perdem, mas bem-estar aumenta

Leia também: Lançamento: Huawei e Xiaomi retornam ao Brasil com novos modelos

A empresa também tem uma pulseira fitness , que por enquanto é conhecida apenas pelo codinome Andes. Com uma face retangular e tela OLED colorida, ela lembra a Mi Band 4 da Xiaomi . Na traseira, o acessório também tem um sensor de batimentos cardíacos e um oxímetro, capaz de medir o consumo de oxigênio e, com isso, a queima de calorias.

Além destes produtos, a empresa também deve lançar uma TV com o sistema operacional Harmony OS e um tablet , que pode ser uma versão global do MediaPad M6, que já foi apresentado na China em Junho.

A grande curiosidade é sobre como alguns dos novos produtos (Mate 30 e 30 Pro, MediaPad) serão afetados pelas sanções impostas pelo governo americano, que restringem o acesso da Huawei ao sistema operacional Android e serviços do Google .

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana