conecte-se conosco


Polícia

Ações integradas combate tráfico de drogas e prendem foragidos em Lucas do Rio Verde

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Ações integradas distintas realizadas nos últimos dez dias pela Delegacia da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte) resultaram no combate intensivo da criminalidade no município, em especial do tráfico de drogas. Além da apreensão de drogas os trabalhos resultaram na prisão de traficantes e de foragidos da Justiça de outros Estados por envolvimento em graves crimes.

Após cerca de 30 dias de trabalho investigativo, policiais civis e militares realizaram a prisão de um suspeito, Denis Gilberto Silva Dias, 22, acusado de traficar grandes quantidades de entorpecentes em Lucas do Rio Verde. Com base nas investigações, os policiais descobriram que as drogas eram enterradas em uma mata localizada no bairro jardim primaveras.

Após intenso trabalho investigativo, por meio de campanas e demais levantamentos de informações, os policiais lograram êxito, em prender o traficante. Com ele foi apreendido 27 tabletes de maconha, 1 tablete de maconha, além de várias porções de maconha já embaladas para venda.

Leia mais:  Polícia Civil localiza corpo de professora desaparecida em Nova Mutum

Outra ação integrada de policiais civis e militares, realizada na quarta-feira (06), resultou em mais uma grande apreensão de drogas, além de prisão do suspeito de traficar droga na cidade de Lucas do Rio Verde. A investigação de cerca de 60 dias conseguiu levantar informações a cerca da traficância por parte de Rafael Jhonata Taques, 27 anos, que escondia sua droga em uma mata nobairro Menino Deus.

Na ocasião, o suspeito foi preso em flagrante em frente da casa de sua namorada com uma quantidade de entorpecentes e cerca de R$ 1.600,00, além de um relógio da marca invictos de grande valor de mercado. Após a prisão em flagrante, os policiais deram continuidade às diligências, dirigindo-se ao local de mata já previamente levantado pelos policias.

Foram dois dias de buscas para encontrar o local exato onde estavam enterradas as drogas, sendo apreendidos 06 tabletes de maconha e um de pasta base de cocaína, além dos entorpecentes apreendidos anteriormente com o traficante. 

Leia mais:  Polícia Civil desarticula esquema de comércio de CNH’s em operação com 60 mandados de prisões e buscas

Mandados

Entre as ações, a equipe da Polícia Civil em ação com a Polícia Militar de Lucas do Rio Verde prendeu dois procurados da Justiça do Pará por envolvimento de dois policiais. Os suspeitos Erick Jonatha dos Santos Costa e Mairo Renzo Serrão Costa tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos, no bairro Veneza, após informações de que eles estariam morando no município.

Também procurado pela Justiça, o menor A.R.B, 17, foi preso em cumprimento de mandado de internação, acusado de participar de um latrocínio, na cidade de Mineiro (GO), em maio de 2018. O adolescente foi localizado no bairro Jardim Primaveras, onde teve a ordem judicial cumprida.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende suspeito de integrar organização criminosa envolvida em arrombamentos de caixas eletrônicos

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Em operação realizada nesta quarta-feira (20.02) em Várzea Grande, a Delegacia Especializada de Entorpecentes (DRE) com apoio da Gerência de Operações Especiais (GOE) prendeu em flagrante, Alexandre Carvalho de Souza, 32, o “Bigode”, suspeito de integrar uma organização criminosa envolvida em furtos de caixas eletrônicos.

Alexandre possui várias passagens por roubos e uma condenação por homicídio e foi autuado em flagrante por posse ilegal de munições. Além da autuação, as investigações contra o suspeito continuam para apurar o envolvimento dele com o crime organizado.

A prisão do suspeito ocorreu durante cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar, no bairro Alameda em Várzea Grande, decretado com base em investigações da DRE.

Durante as buscas na residência do investigado foi apreendida uma munição calibre 38, que estava escondida em cima do armário da cozinha além de vários instrumentos e equipamentos utilizados para arrombamento de caixas eletrônicos.

Segundo o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira as investigações contra o suspeito continuam junto a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) por se tratar de membro de organização criminosa.

Leia mais:  Ação policial prende menores infratores por morte de mulher em Água Boa

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana