conecte-se conosco


Polícia

Ações integradas combate tráfico de drogas e prendem foragidos em Lucas do Rio Verde

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Ações integradas distintas realizadas nos últimos dez dias pela Delegacia da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte) resultaram no combate intensivo da criminalidade no município, em especial do tráfico de drogas. Além da apreensão de drogas os trabalhos resultaram na prisão de traficantes e de foragidos da Justiça de outros Estados por envolvimento em graves crimes.

Após cerca de 30 dias de trabalho investigativo, policiais civis e militares realizaram a prisão de um suspeito, Denis Gilberto Silva Dias, 22, acusado de traficar grandes quantidades de entorpecentes em Lucas do Rio Verde. Com base nas investigações, os policiais descobriram que as drogas eram enterradas em uma mata localizada no bairro jardim primaveras.

Após intenso trabalho investigativo, por meio de campanas e demais levantamentos de informações, os policiais lograram êxito, em prender o traficante. Com ele foi apreendido 27 tabletes de maconha, 1 tablete de maconha, além de várias porções de maconha já embaladas para venda.

Leia mais:  General do Exército ministra palestra na Academia da PJC

Outra ação integrada de policiais civis e militares, realizada na quarta-feira (06), resultou em mais uma grande apreensão de drogas, além de prisão do suspeito de traficar droga na cidade de Lucas do Rio Verde. A investigação de cerca de 60 dias conseguiu levantar informações a cerca da traficância por parte de Rafael Jhonata Taques, 27 anos, que escondia sua droga em uma mata nobairro Menino Deus.

Na ocasião, o suspeito foi preso em flagrante em frente da casa de sua namorada com uma quantidade de entorpecentes e cerca de R$ 1.600,00, além de um relógio da marca invictos de grande valor de mercado. Após a prisão em flagrante, os policiais deram continuidade às diligências, dirigindo-se ao local de mata já previamente levantado pelos policias.

Foram dois dias de buscas para encontrar o local exato onde estavam enterradas as drogas, sendo apreendidos 06 tabletes de maconha e um de pasta base de cocaína, além dos entorpecentes apreendidos anteriormente com o traficante. 

Leia mais:  Foragido da Justiça é preso ao registrar boletim de ocorrência na delegacia de Porto Esperidião

Mandados

Entre as ações, a equipe da Polícia Civil em ação com a Polícia Militar de Lucas do Rio Verde prendeu dois procurados da Justiça do Pará por envolvimento de dois policiais. Os suspeitos Erick Jonatha dos Santos Costa e Mairo Renzo Serrão Costa tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos, no bairro Veneza, após informações de que eles estariam morando no município.

Também procurado pela Justiça, o menor A.R.B, 17, foi preso em cumprimento de mandado de internação, acusado de participar de um latrocínio, na cidade de Mineiro (GO), em maio de 2018. O adolescente foi localizado no bairro Jardim Primaveras, onde teve a ordem judicial cumprida.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende suspeito de matar com golpe de faca mulher em Confresa

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

O homem que matou a ex-mulher, Daiane Oliveira Barbosa, 30, por não aceitar o fim do relacionamento, foi preso na cidade de Santa Terezinha (1.312 km a Nordeste), pela Polícia Civil, no último sábado (20.07). O suspeito  Gideon Silva de Moraes, 25 anos, estava com mandado de prisão temporária (30 dias) decretado pela Justiça de Confresa (1160 km a Nordeste), local do crime.  O suspeito responderá por feminicídio. 

Após o crime, o suspeito ficou escondido em uma comunidade rural, a 40 km da zona urbana do município de Santa Terezinha, mas acabou descoberto e quase foi linchado por populares, que acionaram a Polícia Civil para sua condução. O preso foi encontrado com vários hematomas decorrente de agressões praticadas por populares e amarrado com uma corda.

O delegado de Confresa, Allan Vitor Sousa da Mata, informou que o preso foi levado para Delegacia e confessou a autoria do crime, dando detalhes da morte motivada por ciúmes e por não aceitar o fim do relacionamento.

Vitima e suspeito tinham um relacionamento amoroso e haviam terminado há cerca de uma semana. Ela era ameaçada e agredida pelo companheiro, segundo informações de seus familiares, que narram também que ela era mantida frequentemente em cárcere privado enquanto morava com o suspeito.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de escalar distribuidora para furtar bebidas

Dias antes, a vítima tinha comparecido na Delegacia para pedir apoio na retirada de pertences, mas desistiu de registrar o boletim de ocorrência e pedir medidas protetivas.

A faca usada no crime foi encontrada próximo ao muro lateral da casa da vítima. O objeto estava com manchas de sangue e foi encaminhado à perícia na Politec.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana