conecte-se conosco


Mato Grosso

Acesso à sede do Detran-MT deverá ser feito pelo portão dos fundos

Publicado

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) interditou o trecho que liga os blocos de Vistoria à Diretoria de Veículos, na sede em Cuiabá. Pelos próximos 10 dias, a partir desta quarta-feira (04.12), o acesso à sede da autarquia deverá ser feito somente pela entrada dos fundos, via Centro Político Administrativo (portão 2), na Rua G.

O motivo para a interdição se dá em razão da reforma para adequações de acessibilidade e sinalização viária na unidade, sendo necessária a movimentação de maquinários e caminhões na pista, o que impossibilita a passagem de pedestres e veículos.

A entrada principal (portão 1), pela Avenida Dr. Helio Ribeiro, bairro Paiaguás, está liberada apenas para os serviços de vistoria e para os alunos que vão realizar prova prática veicular.

Reforma

O investimento na obra de acessibilidade e sinalização viária da sede do Detran-MT será de R$ 2,4 milhões, em recursos do Governo do Estado, com vistas à modernização, segurança e maior comodidade dos usuários e servidores.  

Com a reforma, a sede passará a ter piso e sinalização tátil nos locais de circulação de pessoas, será feita a adequação de toda a calçada e rampas de acordo com normas técnicas e legislações vigentes de acessibilidade, adequações nas vagas de estacionamento de uso exclusivo; faixas elevadas e com sinalização tátil para travessia de pedestres, adequação de acessibilidade nos sanitários de todos os blocos e no interior de todos os setores; instalação de guarda-corpos em locais próximos à desníveis existentes, readequação de escadas e corrimãos de acesso aos blocos, entre outros itens que passarão por adequações.

Leia mais:  MT participa de reunião no Ministério da Cidadania para discutir ações 2019

Para montar o projeto, a equipe da Coordenadoria de Obras e Engenharia do Detran-MT elaborou um laudo técnico com base nas legislações específicas sobre acessibilidade que estão em vigor nas esferas Federal, Estadual e Municipal.

A construtora W Mendes LTDA EPP é a empresa contratada para a execução da obra, após vencer a licitação na modalidade tomada de preços.  

Detran-MT

O complexo do Detran-MT foi inaugurado no ano 2000, há quase 20 anos e, desde então, nunca passou por intervenções para adequação de acessibilidade e sinalização viária. A obra vai proporcionar à pessoa com deficiência a plena integração social com melhor acesso aos espaços. 

O presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, destaca que a reforma tornará a sede da autarquia mais moderna e eficaz para a população.

“A reforma para adequação de acessibilidade e sinalização viária é necessária a fim de adaptar o passeio público e acesso aos prédios para utilização de maneira autônoma, independente e segura a maior quantidade de pessoas, independentemente da idade, estatura e limitações de mobilidade”, afirma.   

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Sindal vota contra os servidores

Publicado

por

Jovanildo Antonio da Silva (foto), presidente do Sindal que já tem uma atuação pífia, agora está levando porrete de todo lado dos servidores da Assembleia. É que, ao invés de sair em defesa da categoria e se manifestar contra o projeto do governo de elevar a alíquota previdenciária de 11% para 14%, o sindicato votou favorável à proposta no Conselho de Previdência. O projeto aumenta a incidência da base de cálculo da alíquota até dos aposentados de todos os Poderes e órgãos vinculados, como os do MPE. Hoje se desconta 11% sobre alíquota que excede o teto do INSS, que é de R$ 5,8 mil. A partir da aprovação do projeto na AL, o desconto subirá para 14%. Aposentado que ganha até R$ 5 mil e hoje não tem desconto, passará a ter corte de 14% do que exceder o salário mínimo (R$ 998 reais), o que significa contribuição de R$ 574 reais. Em mensagem de áudio encaminhada aos servidores da AL, Antonio Vagner se mostrou indignado com o fato do Sindal votar com o governo e classificou isso de vergonha e de traição.

Leia mais:  Operação Lei Seca realiza 154 testes de alcoolemia e apreende 25 veículos

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana