conecte-se conosco


Mato Grosso

Academia da PM inicia Curso Superior de Polícia para 45 oficiais

Publicado

Ocorre nesta quarta-feira (31.10), no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, às 8h30, a aula inauguração do Curso Superior de Polícia (CSP), uma especialização Lato Sensu em ‘Política Estratégica e Desenvolvimento Regional Aplicado à Segurança Pública’ ofertada pela Polícia Militar de Mato Grosso, por meio da Academia Costa Verde.

Destinado a oficiais do posto de tenente-coronel, essa edição o curso terá 45 alunos, sendo 31 da PMMT e 14 do Corpo de Bombeiro. O curso visa ofertar aos oficiais as condições necessárias para galgar o posto mais alto das instituições militares, o de coronel, capacitando-os a exercer com excelência as atividades de comando, planejamento, gestão, controle, e, sobretudo, nos processos de tomada de decisões complexas, da área da Segurança Pública.  

O curso terá carga horária total de 390h/aulas, com previsão de encerramento no mês de abril de 2019. Essa especialização segue matriz curricular nacional da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), e as disciplinas abordam temas atuais regionais e nacionais (polícia, social, direito, ética e cidadania, entre outros).

Leia mais:  Novo comandante-geral da PM toma posse nesta quinta-feira (10)

PALESTRA

Na abertura, o promotor de Justiça e professor da Faculdade de Direito da UFMT, Antônio Sérgio Cordeiro Piedade, ministrará palestra sobre ‘Criminalidade Organizada e Política Criminal Contemporânea’. 

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  PM desarticula quadrilhas e prende 21 pessoas

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana