conecte-se conosco


Mato Grosso

Abertas as inscrições para Seminário de Educação em Direitos Humanos

Publicado

A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), em parceria com a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), promove no dia 05 de dezembro o 2º Seminário de Educação em Direitos Humanos. O evento será realizado no auditório do Tribunal de Justiça, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá, das 8h as 17h, e é coordenado pelo Centro de Referência em Direitos Humanos de Cáceres. 

Podem participar do evento sociedade civil organizada, professores e pessoas que tenham afinidade com o tema. Os interessados no evento devem se inscrever gratuitamente neste link até o dia do seminário.

Conforme a coordenadora do Centro de Referência em Direitos Humanos de Cáceres, Polianna de Souza Correa, neste ano o seminário vai trazer o tema ‘Cidadania para uma Cultura de Paz’. 

Ela explica que a proposta é possibilitar mais um espaço de reflexão e debate sobre a educação em direitos humanos, pensando sobre os dispositivos legais vigentes, as práticas e as articulações das instituições, políticas públicas e as possibilidades de construção de diálogos que visem a criação de uma cultura de paz na sociedade.

Leia mais:  Pai tenta tirar a vida da filha jogando álcool e ateando fogo

“Entendemos que é por meio da educação, do ensino, formação e capacitação em direitos humanos e do exercício pleno da cidadania que vamos dar os primeiros passos rumo a uma cultura de paz”, acrescenta Polianna. 

Programação

O credenciamento inicia às 8h. O primeiro painel de discussão trará os 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e os 30 Anos da Constituição Brasileira como tema. Depois será abordado o papel dos ‘Centros de Referência: direitos humanos e cidadania em prol de uma cultura de paz’. 

Após o horário de almoço, às 13h30, haverá um painel sobre ‘diálogos em rede: construindo parcerias, fomentando a cultura de paz’ seguido de um intervalo e apresentação cultural. O seminário encerrará com um painel sobre direitos e cidadania: políticas públicas, qualidade de vida e respeito a diversidade.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Sete armas e munições foram apreendidas em várias cidades durante fim de semana

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana