conecte-se conosco


Carros e Motos

A cor pode fazer um carro desvalorizar mais? Confira o ranking por segmento

Publicado

VW Polo arrow-options
Divulgação

O Polo foi apresentado no Brasil na cor Amarelo Cúrcuma, mas acabou não sendo vendido na configuração por aqui

As ruas brasileiras são majoritariamente compostas por automóveis brancos, pretos e prateados. Os mais despojados apostam no vermelho, que ainda não deixa de ser uma tonalidade conservadora na comparação com tantas outras. Na internet, há relatos de pessoas que foram às concessionárias convictas de uma cor “fora do eixo”, mas acabaram desencorajadas pelos lojistas pela dificuldade de revender.

LEIA MAIS: Veja 5 maneiras de amenizar a depreciação do seu veículo seminovo

Mas afinal, o fato da cor desvalorizar um automóvel é mito ou verdade? A KBB Brasil, uma das principais analistas do mercado automotivo nacional, publicou um estudo revelando o veredito.

Audi RS3 arrow-options
Divulgação

Audi RS3 pode ser encomendado na cor verde vibrante em suas versões disponíveis

A KBB comparou o comportamento de várias cores utilizando como parâmetro a tonalidade branca – uma das mais presentes no estudo, tanto sólida quanto metálica e perolizada. Ou seja, na hora de comparar um veículo de cor diferenciada, sua depreciação será comparada com o branco.

Leia mais:  Veja os carros mais buscados na internet ao longo de 2019 no Brasil

LEIA MAIS: Veja os 5 seminovos que menos perderam valor

De início, o estudo já comprova que o tipo de pintura (sólida, metálica ou perolizada) não influencia em nada na depreciação de um veículo. No âmbito nacional, entre os carros compactos, a cor que menos perde valor é o prata, com apenas -0,24% de depreciação. Já o verde deprecia -1,16%.

LEIA MAIS: Qual versão do Corolla mais desvaloriza? Confira o levantamento

Passando para os carros médios, o estudo da KBB mostra que a cor amarela valoriza 0,09%, enquanto a que mais perde valor é o preto, com -1,46%. Entre os automóveis grandes, o marrom e vermelho valorizam 1,7% e 1,5%, enquanto verde e amarelo depreciam -3,5% e 4,4%, respectivamente. Confira o levantamento de depreciação por cor abaixo.

Cor/Categoria Prata Verde Amarelo Preto Vermelho Marrom
Compacto -0,24% -1,16% -0,58% -1,24% -0,25 -0,48%
Médio -0,75% -1,33% 0,09% -1,46 -0,11% -0,04%
Grande -0,95% -3,53% -4,40% -0,74% 1,53% 1,69%

Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Laboratório afirma ter remédio contra Covid

Publicado

por

pcional e pode salvar vidas após ser aprovado pela agências reguladoras. Nós estamos trabalhando dia e noite para que esse produto seja aprovado e disponibilizado ao público”, disse Henry Ji em comunicado aos investidores.

Os testes foram conduzidos em laboratório, com o vírus in vitro. Agora, a Sorrento pretende pedir aos agentes reguladores da saúde nos Estados Unidos prioridade na liberação do medicamento, para que o remédio chegue o mais rápido possível à população.

De acordo com o laboratório, a fábrica em San Diego tem capacidade para produzir 200 mil doses do medicamento por mês. Antes mesmo da aprovação da droga, a Sorrento vai produzir 1 milhão de doses.

O anúncio foi bem recebido na bolsa Nasdaq, onde a empresa é listada. As ações da Sorrento estavam em alta de 161% na bolsa americana de tecnologia.

Comentários Facebook
Leia mais:  Como usar o macaco, trocar o pneu e o que poucos se lembram durante a manutenção
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana