conecte-se conosco


Tecnologia

Publicado

Olhar Digital

Papa Francisco arrow-options
undefined

Papa Francisco se preocupa com a segurança digital de crianças


O Papa Francisco disse, nesta quinta-feira (14), que executivos e investidores de empresas de tecnologia devem ser responsabilizados caso coloquem o lucro à frente da proteção das crianças, o que inclui o acesso fácil à pornografia na internet. As informações são da Reuters .

O pontífice falou no início de uma conferência no Vaticano , intitulada ” Promovendo a Dignidade Infantil Digital “. A conferência reuniu empresas como Google , Apple , Facebook e Microsoft , além de grupos de proteção infantil, autoridades judiciais e da aplicação das leis. O evento contou também com a presença da rainha Silvia da Suécia, ativista de longa data dos direitos infantis.

Leia também: Vaticano lança rosário inteligente ativado com o sinal da cruz

“Empresas que oferecem serviços (de internet) se consideram há tempos meros fornecedores de plataformas tecnológicas, nem legal nem moralmente responsáveis pela maneira como elas são usadas”, disse Francisco. “Existe uma necessidade de fazer com que investidores e administradores continuem sendo responsabilizados, para que o bem de menores e da sociedade não seja sacrificado em prol do lucro.”

Leia mais:  Netflix aumenta preço dos serviços no Brasil; confira os novos valores

O Papa afirmou que a “experiência dolorosa e trágica” da Igreja com sua própria crise de abusos sexuais lhe deu a “tarefa de abordar essas questões com uma visão de longo prazo.” No mês passado, Reino Unido, Estados Unidos e Austrália pediram ao Facebook a suspensão de seus planos de criptografar seu serviço de mensagens, alegando que isso inibiria a luta contra o abuso infantil e o terrorismo.

Os abusadores estão cada vez mais usando aplicativos de mensagens para cultivar suas vítimas e trocar fotos e vídeos explícitos, e o número de imagens conhecidas de abuso sexual infantil disparou de milhares para dezenas de milhões em poucos anos.

Leia também: Papa Francisco apresenta app que permite aos fiéis mais jovens rezarem online

Citando estudos que mostram que a média de idade no primeiro acesso à pornografia digital é de 11 anos, o líder da Igreja Católica disse que as companhias precisam se esforçar mais para identificar a idade dos usuários e intensificar a cooperação com autoridades para combater a pornografia infantil.

Leia mais:  Quer se manter livre de hackers? FBI dá 5 dicas para proteger a segurança online

Ainda nesta quinta-feira, o Papa Francisco incentivou os engenheiros de computação a fortalecerem as maneiras de usar inteligência artificial e algoritmos para proteger as crianças na internet , dizendo que deveriam se sentir “pessoalmente responsáveis por construir o futuro.”

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

WhatsApp deixa de mostrar status ‘online’ e ‘visto por último’, relatam usuários

Publicado

por

O WhatsApp se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter nesta sexta-feira (19) depois que usuários perceberam mudanças inusitadas em seu funcionamento. O aplicativo de mensagens deixou de mostrar o status “online”, “visto por último”, “digitando” e “gravando áudio” em suas conversas. Ao atualizar o aplicativo mudanças serão percebidas.

As novidades deixaram os internautas confusos sobre um possível erro no sistema, já que a empresa de Mark Zuckerberg não anunciou as atualizações. Antes, os usuários do aplicativo conseguiam apenas optar por desabilitar a função de “visto por último” e a de “confirmação de leitura” nas configurações de privacidade.

REUTERS/Thomas White

Segundo o site Downdetector, que monitora o relato de erros em redes sociais, o número de reclamações sobre o mau funcionamento do Whatsapp começou às 13h e atingiu seu pico às 14h.

Downdetector gráfico

Gráfico do Downdetector mostra pico de reclamações sobre mau funcionamento do WhatsApp

Entre os afetados pelas alterações repentinas, existem os que ficaram felizes pela maior privacidade e aqueles que lamentaram a falta de informações sobre seus contatos. E ainda no final da tarde desta sexta, alguns perfis no Twitter também começaram a relatar o retorno da visualização do status.

Leia mais:  Sob a pele: conheça o biochip que pode controlar a casa e detectar doenças

Já entre os concorrentes, o Telegram ironizou a suposta falha no sistema, convidando os insatisfeitos com as novidades a “convidarem um amigo para ficar online” no aplicativo.

Procurada pela CNN, a assessoria do WhatsApp ainda não respondeu ao contato para explicar as mudanças.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana