25 de setembro de 2018 - 19:04

Saúde

24/07/2017 07:49 Secom VG

UPA IPASE completa um ano de funcionamento com mais de 111 mil pacientes atendidos

Ao completar um ano de efetivo funcionamento, a UPA IPASE, inaugurada em 22 de junho de 2016, atinge a histórica marca de 111.489 pessoas atendidas, uma média de 10.760 pacientes receberam um ou mais procedimentos médicos durante os últimos 365 dias, lembrando que essa unidade de saúde foi a segunda em Várzea Grande a funcionar 24 horas por dias.

“Temos aqui um exemplo de funcionalidade, de política de resultados, pois nos dedicamos para que a saúde em Várzea Grande seja exemplar e possa atender as demandas existentes”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos ao lembrar que paulatinamente tem destinado cada vez mais recursos públicos para essa área tão essencial como a saúde pública.

Nos quatro primeiros meses deste ano de 2017, os investimentos em saúde pública consumiram 28% das receitas correntes, quanto a previsão da lei é de que a Saúde tem que receber 15% das receitas arrecadadas pela administração municipal, numa clara demonstração do compromisso da atual gestão para com este setor preponderante e de essencial funcionalidade para os cidadãos.

“Falar que vamos conseguir debelar todos os problemas existentes na saúde seria enganar a população, mas reafirmo que somos determinados e empenhados na busca de soluções que atendam e promovam uma saúde de resultados para todos aqueles que necessitam”, disse a prefeita lembrando que pretende avançar ainda mais, tanto que não param as obras no setor. 

Ela considerou como exemplar o funcionamento e o atendimento da UPA IPASE, reafirmou compromisso de iniciar ainda neste ano e entregar em 2018 às obras da UPA Cristo Rei que será a terceira unidade de Várzea Grande a funcionar 24 horas todos os dias, além de outras 07 Unidades Básicas de Saúde – UBS que deixaram de ser entregues na gestão passada e que serão entregues até 2020. 

O secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes lembrou dos esforços do ex-secretário de Saúde municipal e atual secretário de Saúde do Estado, Luiz Soares para colocar a unidade para funcionar. “A UPA IPASE foi deixada pela administração passada e todo um esforço teve que ser feito para que a mesma tivesse suas obras concluídas e equipada e fosse colocada para funcionar, então a data de hoje é fundamental e importante para a cidade, para a população e para servidores da área médica e profissionais que sabem da importância do trabalho que eles prestam para Várzea Grande e sua gente”, frisou Diógenes Marcondes.

Lucimar Sacre de Campos reafirmou ainda a entrega das obras de 20 leitos de UTI do Hospital e Pronto Socorro, o novo Centro Cirúrgico com três salas e a Rede Cegonha com outros três centros cirúrgicos para efetivamente permitir que entre 150 e 200 crianças possam nascer em Várzea Grande. 

“Uma de nossas principais missões está sendo melhorar a saúde e estamos conseguindo paulatinamente fazer com que essa se torne uma grande realidade para nossa cidade e nossa gente”, disse a prefeita apontando que a efetividade nos atendimentos da UPA IPASE e das outras 35 unidades de saúde de Várzea Grande, dependem muito da força humana que cada servidor administrativo ou médico proporciona com suas funções. 

A chefe do Poder Executivo ressaltou também todos os esforços da administração municipal para dotar as unidades de saúde de insumos básicos para funcionamento e para atendimento a população que necessita do Sistema Unico de Saúde. 

“Para se ter uma noção, saímos de 20% de cobertura na Atenção Básica para 42,79%, um crescimento de mais de 100%, sendo que a Atenção Básica é essencial, pois são os atendimentos que podem ser feitos nas unidades de saúde sem a necessidade de se ir ao Hospital e Pronto Socorro Municipal e a UPA IPASE”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

O secretário de Saúde, Diógenes Marcondes reafirmou que as unidades de Atenção Básica foram dotadas de insumos e servidores para prestarem serviços que anteriormente não eram prestados, como vacinação, suturas, curativos, consultas, enfim tudo que uma unidade necessita para os primeiros atendimentos, evitando assim que as pessoas procurem o Hospital e Pronto Socorro e a UPA IPASE que ficam para atendimentos de urgência e emergência.  


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo