21 de outubro de 2018 - 16:18

Política

23/05/2018 09:05

Treze vereadores fazem pacto e novato assumirá Câmara de Cuiabá

Justino Malheiros tentou manobra para seguir na presidência frustrada por articulação de socialista

Treze vereadores de Cuiabá declararam apoio, nesta terça-feira, a candidatura do vereador Misael Galvão (PSB) para a presidência da Mesa Diretora da Câmara. A eleição será realizada em setembro deste ano, para o biênio 2019/2020.

Com isso, mesmo com a manobra feita nos últimos dias para aprovar a reeleição para a presidência do legislativo, o atual presidente Justino Malheiros (PV) deve ter seu projeto de seguir a frente da Câmara “frustrado”. A manobra foi suspensa por decisão do juiz Agamenon Alcântara, mas Malheiros recorreu ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Porém, Misael já reúne a maioria dos parlamentares. Ainda existe articulações para angariar apoio de mais 2 parlamentares.

A lista engloba tanto vereadores da base de sustentação do prefeito Emanuel Pinheiro, como o líder do prefeito, Lilo Pinheiro (PP), assim como parlamentares da oposição, como o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o prefeito no caso do Paletó, Marcelo Bussiki (PSB).

Também está na lista o vereador Vinicius “Clovito” Hugueney, que atualmente comanda a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Cuiabá. Ele provavelmente irá reassumir o cargo para participar da eleição, e pode se candidatar a primeiro-secretário da Câmara Municipal.

Outros vereadores que confirmaram apoio a Misael são: Toninho de Souza (PSD), Juca do Guaraná Filho (Avante), Chico 2000 (PR), Adevair Cabral (PSDB), Sargento Joelson (PSC), Abílio Brunini (PSC), Paulo Araújo (PP), Dilemário Alencar (PROS) e Gilbverto Figueiredo (PSB).

Por: folhamax


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo