25 de setembro de 2018 - 19:14

Esporte

27/08/2017 23:34

Palmeiras vence e deixa São Paulo ainda mais pressionado

O Palmeiras venceu por 4 a 2 o São Paulo, no clássico disputado neste domingo (27) no Allianz Parque, e deixou o tricolor ainda mais imerso na zona do rebaixamento.

Com a vitória, o time de Cuca pôs fim a uma sequência de três jogos sem vitória pelo campeonato e, ao mesmo tempo, estendeu sua invencibilidade sobre o rival no Allianz Parque. São agora cinco triunfos em cinco duelos no estádio, com 16 gols marcados e apenas três sofridos.

O resultado deixa o São Paulo estacionado na zona de rebaixamento durante o intervalo para a disputa das eliminatórias para a Copa do Mundo. Pior: correndo o risco de cair para o penúltimo lugar, dependendo do resultado do Vitória, contra o Coritiba, na segunda (28). Com a vitória do Avaí sobre a Chapecoense, o São Paulo caiu na tabela e agora está na 18º posição.

Pressionadas, as equipes teriam que superar números negativos tanto na defesa quanto no ataque para vencer.

Jogando em casa, a equipe alviverde buscou mais o ataque, exagerando nos lançamentos e bolas alçadas na área. A equipe do técnico Dorival Júnior se defendia bem, à espera de uma oportunidade - ou falha da defesa palmeirense.

E foi assim que, aos 12 minutos, após bela assistência de Lucas Pratto, Marcos Guilherme abriu o placar para o time do Morumbi.

O técnico Cuca reclamou bastante do posicionamento da defesa no momento do gol - o treinador ainda viu Marcos Guilherme carimbar a trave aos 31 minutos, após nova falha defensiva.

Até então ineficiente, a estratégia palmeirense de cruzar bolas na área acabou dando certo aos 35 minutos, diante da falha de posicionamento de Edimar. O lateral não afastou a bola cruzada por Michel Bastos. O atacante Willian dominou e bateu sem chance para Sidão.

Após o empate, o Palmeiras foi pra cima e não demorou para virar a partida. Aos 38, Willian recebeu na esquerda, driblou Jucilei e bateu no ângulo. Um belo gol. O São Paulo empataria nos acréscimos com Hernanes. O jogador responsável por dar à equipe tricolor pontos importantes nesse campeonato, recebeu cruzamento de Buffarini, matou no peito e bateu no cantinho de Prass.

No segundo tempo, o jogo continuou aberto. Dorival Júnior colocou o garoto Lucas Fernandes no lugar do peruano Cueva aos 12 minutos. Logo depois, Cuca sacou o volante Bruno Henrique. O atacante Keno entrou em seu lugar.

O Palmeiras continuou tomando a iniciativa, enquanto o São paulo apostava no contra-ataque.

Se mantivesse o aproveitamento da primeira etapa, o São Paulo não teria desperdiçado duas boas oportunidades de virar o jogo: com Rodrigo Caio aos 28 e, com Hernanes, aos 30 minutos.

Em contrapartida, a equipe alviverde manteve o aproveitamento do primeiro primeiro: Keno recebeu de Deyverson, na meia-lua e bateu forte, virando o jogo. Com o gol, a equipe do Morumbi se perdeu em campo e, aos 46 minutos, Hyoran sacramentou a vitória do Palmeiras.

SUSTO

Após um choque aos 22 minutos do primeiro tempo com o meia Hernanes, também do São Paulo, o atacante argentino Lucas Pratto,29, teve que ser retirado do Allianz Parque de ambulância.

Ele chegou a ficar desacordado por alguns instantes, mas antes de entrar na ambulância que o levou ao Hcor, na região da Paulista, ele já estava consciente.

  Mauro Horita/Folhapress  
Lucas Pratto cai no gramado desacordado após chocar-se com Hernanes na partida contra o Palmeiras, no Allianz Parque
Lucas Pratto cai no gramado desacordado após chocar-se com Hernanes na partida contra o Palmeiras, no Allianz Parque

Segundo o médico José Sanchez, membro da comissão técnica do São Paulo, o atacante passa bem. Pratto foi submetido a exames neurológicos completos e deve ser liberado nesta segunda-feira (28) tarde. 

 

Por: folhaSP


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo