18 de janeiro de 2018 - 19:02

Brasil

20/11/2017 10:05

Bando que sequestrou empresária recebia ordens de presídio

Um presidiário dava ordens de dentro da cadeia para o bando que sequestrou a empresária Milene Milene Falcão Eubank.

O delegado Marcelo Martins Torhacs, da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERFVA), disse que um presidiário dava ordens de dentro da cadeia para o bando que sequestrou a empresária Milene Milene Falcão Eubank.

O crime aconteceu na tarde de sexta-feira (17) e a empresária foi libertada do cativeiro na madrugada de sábado (18), após ficar 12 horas em poder dos criminosos.

A informação foi dada durante entrevista coletiva na DERFVA. A identificação do presidiário que comandava o crime não foi informada.

Em agosto deste ano, a DERFVA estava à frente da Operação Ares Vermelho, que desarticulou uma quadrilha responsável por 60% dos roubos e furtos de veículos em Cuiabá e Várzea Grande. As ações criminosas eram coordenadas por líderes da facção criminosa Comando Vermelho de dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE).

O sequestro

Ao todo, oito pessoas foram presas pela ação criminosa. Conforme a Polícia Civil, o grupo tinha apenas a intenção de roubar o carro, inicialmente, mas ao ver o poder aquisitivo da vítima, a ação se transformou em um sequestro.

Durante as buscas, o investigador Sidney Ribeiro dos Santos trocou tiros com os bandidos e foi baleado na cabeça. O tiro se alojou na coluna cervical. Ele passou por cirurgia e segue em estado grave no Pronto-Socorro de Cuiabá.


Copyright 2016 -  Todos os direitos reservados

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo